PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Coronavírus: afinal, vale a pena usar luva ou não ao sair de casa?

Ao usar luvas, você pode contaminar partes do corpo e outros objetos - iStock
Ao usar luvas, você pode contaminar partes do corpo e outros objetos Imagem: iStock

Priscila Carvalho

Do VivaBem, em São Paulo

08/04/2020 14h00

Durante o isolamento social proposto pelos governos do mundo todo para desacelerar a disseminação do coronavírus, algumas atividades ainda são essenciais e requerem a saída de casa, tais como ir ao supermercado ou à farmácia.

Se você foi comprar comida ou remédio nas últimas semanas, deve ter percebido que tem muita gente usando luvas como medida de proteção, mas essa é uma questão que vale atenção.

Assim como no caso das máscaras caseiras, que precisam de cuidados ao serem colocadas e retiradas do rosto, com as luvas acontece a mesma coisa.

Pensando nisso, Molly Lixey, uma enfermeira americana, postou um vídeo em seu Facebook que viralizou, justamente explicando como as luvas passam uma falsa sensação de proteção, como podemos contaminar tudo ao nosso redor e, pior ainda, como acontece a contaminação cruzada.

De luvas, ela usa tinta verde e um pedaço de papel que faz as vezes de celular e finge estar em um mercado para mostrar como esquecemos que estamos de luva e pegamos em alimentos e produtos, atendemos ou mandamos mensagens no celular, encostamos na roupa e tocamos o rosto, por exemplo. "Não faz sentido usar luvas se você não vai lavar as mãos toda vez que toca em algo", ela explica no vídeo.

Isso porque o que quer que esteja nas luvas migraria para o telefone se alguém o atendesse. Então, a menos que a pessoa desinfete o telefone, os germes dele viajarão para as mãos quando você atendê-lo sem as luvas.

Em entrevista à CNN, ela explicou que a tinta foi o meio ideal para demonstrar como ocorre a contaminação cruzada. "Me aterroriza pensar que as pessoas acreditam que estão seguras apenas por que estão usando luvas e não têm consciência de que ainda podem prejudicar a si mesmas ou outras pessoas", disse.

Vale a pena usar luva ou não?

Igor Marinho, infectologista do HC-SP (Hospital das Clínicas de São Paulo) e coordenador médico do hospital AACD, reforça que o uso contínuo das luvas pode gerar uma contaminação cruzada, sim. "A pessoa leva o germe de um lugar para o outro. Por isso é muito importante seguir todas as medidas de higiene e trocá-las sempre a cada ocasião. Luvas devem ser de uso único e descartadas toda vez", afirma.

Segundo o infectologista, mesmo antes da pandemia, na área da saúde já há um debate sobre o uso indiscriminado de luvas, já que você protege a sua mão, mas pode levar germes para outras pessoas e até para pacientes. Ele reforça que usar o acessório sem respeitar regras de higiene não serve de nada.

"A pessoa pode proteger as mãos, mas como sempre está em contato com outros agentes contaminantes, pode infectar outras superfícies e pessoas. O jeito mais eficiente de deixar as mãos limpas é sempre lavá-las com água e sabão ou passar álcool gel."

Saúde