Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Sabrina: 'Vontade não vem'. Não ter desejo sexual 1 ano após parto é normal

Sabrina Sato e Duda Nagle constantemente falam sobre a falta de sexo após o nascimento da filha - Reprodução do Instagram
Sabrina Sato e Duda Nagle constantemente falam sobre a falta de sexo após o nascimento da filha Imagem: Reprodução do Instagram

Do VivaBem

16/11/2019 11h45

Resumo da notícia

  • Quase um ano depois do nascimento de Zoe, a rotina na cama de Sabrina Sato e Duda Nagle ainda não voltou ao normal
  • Estudo confirma que é normal após o parto o desejo, o prazer e a frequência sexual demorarem até um ano para voltar ao normal
  • Mudanças hormonais, a preocupação com o bebê e o cansaço que cuidar de uma criança gera são as principais causas dessa queda de libido

Quase um ano após o nascimento de Zoe, parece que Sabrina Sato e Duda Nagle ainda não conseguiram retomar a rotina que tinham na cama antes de se tornarem pais. Falta de sexo é um assunto recorrente nas entrevistas que o casal dá e Sabrina fala novamente sobre o tema na próxima edição da revista TPM, que chega às bancas na segunda (18), conforme informou a jornalista Mônica Bergamo em sua coluna.

"Quem faz sexo depois de ser mãe? É difícil, a vontade não vem", disse a apresentadora à TPM. "Antes a gente era um casal. Agora, uma família", afirmou Sabrina sobre a mudança em sua relação com Duda.

Pois saiba que não é só o casal de famosos que enfrenta essa mudança na rotina sexual após o nascimento de um filho. A falta de apetite sexual nessa fase é muito comum. Um estudo da Associação dos Profissionais de Saúde Reprodutiva, nos Estados Unidos, revela que realmente é normal a volta do desejo, do prazer e da frequência das relações aos níveis anteriores à gravidez demorar até um ano para acontecer.

Segundo a ginecologista Carolina Ambrogini, sexóloga e coordenadora do Projeto Afrodite, centro de sexualidade feminina da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), a redução no apetite sexual após a mulher ter um filho é normal é acontece por questões que vão desde o cansaço por causa da nova (e desgastante) rotina e a preocupação com o bebê até mudanças fisiológicas.

"Depois do parto ocorre uma queda brusca nos hormônios (como estrogênio e progesterona), que leva à diminuição da libido", explica Ambrogini. Além disso, enquanto a mulher está amamentando, o hormônio prolactina, responsável pela produção do leite, também tem influência "negativa" sobre a disposição sexual.

"Nessa fase pode ocorrer uma leve atrofia da mucosa vaginal e uma diminuição na lubrificação, o que pode causar desconforto durante as relações sexuais", explica a ginecologista Erica Mantelli, de São Paulo.

Veja algumas ideias para retomar a vida sexual após o parto

- Quanto menos se faz sexo, menos vontade se tem de fazer. Então, é importante se programar para pensar sobre o assunto e ativar o romantismo entre o casal.

- Se a falta de lubrificação estiver gerando dor e desconforto durante a transa, converse com sua ginecologista, que pode indicar o uso de um lubrificante íntimo.

- Lembre-se que sexo não é só penetração. Beijos, carícias, masturbação mútua e sexo oral são ótimas formas de o casal manter a intimidade.

- É fundamental o casal separar um tempo para ter momentos a dois. Um jantar romântico, uma massagem mútua e uma escapada ao cinema são artifícios para manter a chama acesa. Para isso, é essencial contar com a ajuda dos avós e familiares para cuidar do bebê.

- Após os primeiros três meses, é saudável transferir a criança para o quarto dela, o que vai favorecer a intimidade do casal. Afinal, não dá para se soltar na cama com o filho ao lado.

Fontes consultadas em reportagem do dia 08/10/2018, feita por Daniela Venerando.

Podcasts do UOL
Ouça o podcast Maratona, em que especialistas e corredores falam sobre corrida. Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas de áudio.

Saúde