Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Estudo revela que eficácia em vacina anti-HIV depende do tipo de vírus

Istock
Imagem: Istock

Do VivaBem, em São Paulo

22/09/2019 16h58

Pesquisadores estão perto de achar uma vacina contra o HIV. A descoberta feita por pesquisadores da Universidade Witwatersrand, na África do Sul, mostrou resultados positivos contra as cepas de HIV na Tailandia. A vacina produz agora uma resposta imune ainda maior às formas mais comuns na África do Sul, um dos países mais atingidos pela Aids.

Várias versões foram testadas, mas nenhuma delas está pronta para uso generalizado. Mas agora, a vacina chamada RV144, reduziu as taxas de infecção em 31% em comparação com um placebo em testes na Tailândia.

Durante a pesquisa, os cientistas deram uma vacina RV144 a 100 sul africanos HIV negativos como parte de um estudo de fase 1b e testou anticorpos anti-HIV e respostas de células T. Nenhum dos participantes foram haviam sido infectados pelo HIV.

Para a surpresa dos cientistas, a equipe descobriu que a RV144 estimulou respostas melhores no sul-africanos, além de ser bem tolerada. Os sul-africanos mostraram respostas imunes e de anticorpos mais altas e melhores do que os tailandeses. Ela mostrou respostas de células de defesa CD4+ e anticorpos anti-HIV.

Os cientistas afirmam ainda que respostas ocorreram independentemente da idade ou sexo dos voluntários, o que sugere que a proteção contra a infecção pelo HIV seria forte.

Embora os resultados sejam promissores, esse tipo de vacina ainda precisa se aprimorada para o uso, mas os cientistas acreditam que, no futuro, ela pode agir de forma preventiva para o HIV.

Mais Saúde