Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Vacina é a forma mais eficaz de se proteger de doenças infecciosas

Vacinas devem ser tomadas para impedir proliferação de doenças - Getty Images
Vacinas devem ser tomadas para impedir proliferação de doenças Imagem: Getty Images

Luiza Tiné

Do Blog da Saúde

09/06/2019 11h21

Resumo da notícia

  • Vacinas protegem contra doenças causadas por vírus e bactérias
  • Elas são seguras e aprovadas em todo o mundo
  • 21 tipos são dados na rede pública de saúde
  • Vacinar é também um ato coletivo para impedir que um doenças se espalhe

"Vacinação é um ato individual, para nos proteger. Mas também é um ato coletivo. Se não tivermos coberturas vacinais de todos, doenças graves podem voltar e aí vem aumento de hospitalização e morte no país". Esse é o recado da vice-presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), Isabella Ballalai.

A vacina é forma mais eficaz de prevenir doenças em todas as fases da vida. Elas defendem o organismo dos vírus e bactérias que provocam doenças e podem até levar o indivíduo à morte.

Quando a pessoa é vacinada, seu corpo detecta a substância e produz uma defesa, os anticorpos. São esses anticorpos que permanecem no organismo e evitam que a doença ocorra no futuro, isso nós chamamos de imunidade.

Ballalai lembra que a vacina foi um dos maiores presentes da medicina para humanidade. "A vacinação foi capaz de acabar com doenças que eram graves, que matavam muitas pessoas deixavam sequelas, coma varíola e pólio que foram eliminadas", conta.

Hoje, o Brasil conta com mais de 36 mil salas de vacinação espalhadas por todo território nacional, que aplicam por ano 300 mil imunobiológicos. O Sistema Único de Saúde oferta gratuitamente, dentro da rotina e previstas no Calendário Nacional de Vacinação, 19 vacinas.

Além disso, também são ofertadas 8 vacinas para situações específicas, fora da rotina, 13 soros e 4 imunoglobulinas, todos são indicados pela Organização Mundial de Saúde (OMS), feitos com materiais seguros e de qualidade.

O Brasil também tem avançado na produção de vacinas. Atualmente o país conta com técnicas modernas em sete laboratórios públicos que atendem a todo o processo de qualidade de produção exigido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Movimento Vacina Brasil

Apesar da ampla oferta, o país viu nos últimos anos uma queda nas coberturas de diferentes vacinas. Para alertar a população sobre a importância de manter a caderneta de vacinação em dia para prevenir várias doenças, o Ministério da Saúde lançou em abril deste ano o Movimento Vacina Brasil.

A ação é uma grande mobilização permanente que alerta sobre a importância da vacinação como medida mais eficaz de afastar de vez as doenças que já tinham sido eliminadas no país.

A coordenadora do Programa Nacional de Imunizações (PNI), Carla Domingues, reforça os benefícios da vacina. "A medida que todos forem se vacinando e as pessoas entendendo a importância da vacinação, as doenças vão sendo eliminadas e até erradicadas", ressalta.

É importante destacar que todas as vacinas são seguras e submetidas a testes rigorosos. A maioria das reações é geralmente pequena e temporária, como um braço dolorido ou uma febre ligeira.

Eventos graves de saúde são extremamente raros e cuidadosamente monitorados e investigados. É muito mais provável que uma pessoa adoeça gravemente por uma enfermidade evitável pela vacina do que pela própria vacina.

SIGA O UOL VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook - Instagram - YouTube