Topo

Água de coco diminui a ressaca? Conheça 6 benefícios da bebida para a saúde

Água de coco ajuda na hipertensão e saúde dos rins - Getty Images
Água de coco ajuda na hipertensão e saúde dos rins Imagem: Getty Images

Samantha Cerquetani

Colaboração para o UOL VivaBem

09/02/2019 04h00

A água de coco é uma das bebidas mais populares no verão. Bastante refrescante e com um sabor único, ela possui poucas calorias e muitos nutrientes. A água de coco é encontrada dentro da fruta jovem e verde e contém cerca de 95% de água em sua composição.

Cerca de 200 ml da bebida possuem aproximadamente 44 calorias, o que a torna uma ótima opção para substituir bebidas açucaradas. Além disso, contém potássio, magnésio, carboidratos, cálcio e sódio. E também é bastante indicada para atletas e pessoas que praticam atividade física com regularidade, devido ao seu poder hidratante.

Conheça os principais benefícios da água de coco para a saúde:

1. Ajuda na ressaca

Beber água de coco é uma ótima alternativa para desintoxicar o organismo das bebidas alcoólicas e dos sintomas da ressaca, que geralmente surgem no dia seguinte, causando dor de cabeça, vômito e enjoo. O corpo nesse momento precisa de muita água e alguns nutrientes para voltar ao normal. Mas se o corpo não consegue eliminar as toxinas resultantes do consumo excessivo de álcool, as consequências podem ser alterações no fígado, entre outros problemas de saúde. Por isso, repouso e uma boa hidratação com água de coco são fundamentais para combater os sintomas desagradáveis da ressaca.

2. Melhora a saúde dos rins

A melhora da função renal está muito ligada ao consumo de líquidos. Embora a água natural seja uma ótima escolha, a água de coco também evita os cálculos renais (pedras nos rins). O problema aparece quando cálcio, oxalato e outros compostos se combinam para formar cristais nos rins ou no aparelho urinário. Sabe-se que o consumo da bebida ajuda a reduzir a produção de radicais livres e diminui os altos níveis de oxalato na urina, o que reduz o problema em pessoas que têm tendência a desenvolver as pedras nos rins.

E a bebida é um diurético natural, o que ajuda a aumentar a quantidade de urina e contribui para eliminar toxinas, diminui a formação de cálculos renais e protege o trato urinário das bactérias que causam infecções urinárias.

3. Reduz a pressão alta

A água de coco ajuda a baixar a pressão arterial e também diminui o risco de formação de coágulos sanguíneos nas artérias. Em um estudo realizado com pessoas hipertensas, a bebida melhorou a pressão arterial em 71% dos participantes. O benefício acontece devido ao potássio, que está presente em grande quantidade na água de coco - possui cerca de 162 mg do nutriente em 200 ml da bebida. Diversos estudos mostram que o potássio atua como um vasodilatador, o que ajuda a controlar o problema.

4. Melhora o desempenho nas atividades físicas

Boa notícia para quem gosta de praticar exercícios. Consumir água de coco mantém a hidratação e ajuda a reabastecer os minerais, como potássio, magnésio e sódio, que são perdidos durante o exercício. Uma pesquisa comprovou que beber a água de coco foi mais eficiente na hidratação após o exercício do que a água ou outras bebidas isotônicas (ou esportivas). Os participantes da pesquisa que ingeriram água de coco também relataram menos náusea e desconfortos estomacais.

5. Ajuda na hidratação

A água de coco consegue reabastecer o organismo da perda de água que acontece devido ao suor excessivo e/ou urina. Por isso, a bebida é bastante eficiente em casos de diarreia, vômitos e após os exercícios físicos. Isso ocorre devido ao fato de a sua composição ser repleta de água e por repor nutrientes, além de ter pouca concentração calórica e ser uma boa opção quando comparada a bebidas industrializadas. Pode ser indicada para os casos de desidratação, pois contém minerais, vitaminas, aminoácidos, enzimas e ácidos graxos, com pouca quantidade de sódio, quando comparada com alguns soros para reidratação oral.

6. Diminui câimbras

As câimbras são contrações involuntárias dos músculos que causam uma dor intensa, parecida com uma fisgada, e ocorrem devido à falta de alguns nutrientes. Entre eles, o potássio, que é encontrado em grandes quantidades na água de coco. Por isso, consumir a bebida com frequência ajuda a diminuir esse desconforto.

Confira mais benefícios da água de coco

VivaBem

Benefícios em estudo

- Combate o estresse oxidativo: a água de coco possui antioxidantes que agem nos radicais livres e ajuda a evitar os danos causados pelo estresse oxidativo das células. Um estudo divulgado pelo Journal of Ethnopharmacology mostrou que ratos com lesão hepática tiveram uma diminuição no estresse oxidativo quando tratados com água de coco.

- Controla o diabetes: em estudos realizados em animais, a água de coco melhorou o controle dos níveis de açúcar no sangue. É também uma boa fonte de magnésio, o que aumenta a sensibilidade à insulina. É o que comprovou uma pesquisa do Journal of Medicinal Food (https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/25651375). Pesquisadores comprovaram que ratos com diabetes e que foram tratados com água de coco mantiveram melhores níveis de açúcar no sangue.

Quantidade recomendada e contraindicações

iStock
Imagem: iStock
Não há uma quantidade recomendada diária para a ingestão de água de coco, porém os benefícios são obtidos com o consumo frequente. Consumir entre 200 a 250 ml ao dia ou em dias alternados é a recomendação dos especialistas.

Pessoas com diabetes, hipertensas, com problemas renais ou aquelas que estão querendo emagrecer devem consumir com moderação. Isso porque o coco possui uma alta concentração de sódio e carboidratos que em excesso podem atrapalhar a saúde desse grupo de pessoas.

Industrializada ou natural?

O ideal é consumir a água de coco natural, diretamente da fruta. As opções industrializadas, apesar de saborosas, não são indicadas, pois podem ter os nutrientes da bebida alterados. É comum que essas bebidas tenham mais sódio, conservantes em excesso e em alguns casos, aromatizantes. Ao consumir a água de coco natural, fique de olho no prazo de validade. Depois de o coco ser aberto, ele deve ser mantido apenas por 24h na geladeira.

Fontes: Marcella Garcez Duarte, nutróloga e diretora e professora da pós-graduação da Associação Brasileira de Nutrologia (Abran); Luisa Wolpe, nutricionista e coordenadora do Centro e Instituto Internacional de Aprimoramento e Pesquisas Científicas; Carla Kuperszmidt, nutricionista do Check-up do Fleury Medicina e Saúde e Ana Luisa Vilela, nutróloga.

SIGA O UOL VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook - Instagram - YouTube

Benefícios dos alimentos