Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Por que devemos balançar o pênis após urinar? Não fazer isso causa doenças?

As gotas de urina que ficam na cueca favorecem a proliferação de fungos e bactérias que causam infecções  - iStock
As gotas de urina que ficam na cueca favorecem a proliferação de fungos e bactérias que causam infecções Imagem: iStock

Léo Marques

Colaboração para o UOL VivaBem

23/11/2018 04h00

Balançar o pênis após fazer xixi é algo que grande parte dos homens faz quase que automaticamente, sem qualquer preocupação com a saúde. Mas você sabia que se livrar corretamente do restinho de urina que permanece na uretra e não deixá-lo na cueca e importante para evitar o aparecimento de problemas no pênis?

A urina é estéril (livre de bactérias) e não causa doenças. Porém, ao terminar a micção, a uretra --canal do órgão sexual masculina -- entra em repouso, se fecha e elimina todo o líquido excedente ali.

Se você guardar seu "instrumento" antes de o processo acabar, sem dar a tradicional sacudida e fazer a limpeza correta, a tendência é que ocorra um gotejamento. O líquido acumulado na roupa íntima favorece a proliferação de fungos e bactérias que, além de causar odor desagradável, vão ficar em contato com a pele e podem gerar irritações e até candidíase, uma infecção fúngica que provoca coceira, ardência e vermelhidão na região genital. 

VEJA TAMBÉM

"Outra doença relacionada é a chamada balanopostite ou balanite. Ela aparece em razão do acúmulo de líquido no prepúcio (pele que recobre a glande, cabeça do pênis), que favorece a proliferação anormal de fungos na região. Acomete, em geral, homens com prepúcio longo, com excesso de dobras, e também aqueles que, após o ato sexual acabam dormindo sem se higienizar adequadamente", alerta o urologista Júlio Bissoli, do Hospital das Clínicas da USP (Universidade de São Paulo). 

Segundo o especialista, o câncer de pênis também pode ser relacionado à falta de higiene, apesar de ter como fatores de risco principais as infecções por HPV (vírus que desencadeia verrugas) sem tratamento e a presença crônica de fimose com esmegma (sebo que fica entre o prepúcio e a glande).

Além de balançar, limpe corretamente

Para evitar infecções, o ideal é limpar e secar o pênis com lenço umedecido após urinar  - iStock
Para evitar infecções, o ideal é limpar e secar o pênis com lenço umedecido após urinar
Imagem: iStock
Para esvaziar completamente o canal do pênis e prevenir o gotejamento, o recomendado é não só balançar, como também ordenhar a uretra. Ou seja, apertar o pênis levemente desde a base, próximo ao escroto --com cuidado para não machucar. 

Também é aconselhado limpar e secar o pênis depois de urinar, de preferência com lenço umedecido, pois ao usar papel higiênico alguns pedaços tendem a ficar grudados, e junto a eles pode haver micro-organismos que causam irritação.

"Ao fazer a higienização, homens com prepúcio longo devem puxar completamente a pele para trás, para que a ponta do órgão fique exposta e restos de urina não se acumulem nela", orienta Christian Fuhro, urologista da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. 

Quando o pinga-pinga não é normal?

Sobrar um restinho de xixi no canal do pênis é natural e acontece devido à diminuição do fluxo no fim da micção, pois falta pressão para o líquido atravessar toda a uretra. No entanto, um volume muito maior do que o comum de resíduo uretral pode ser causado por problemas urinários relacionados, por exemplo, à próstata, à bexiga, ou a estreitamentos, traumas e infecções na uretra. 

Os urologistas alertam que um gotejamento maior ainda acontece quando você não esvazia adequadamente a bexiga. E a pressa para terminar o serviço no banheiro pode trazer problemas: "Se a micção for interrompida no meio, pode ocorrer também refluxo de urina para o epidídimo (duto que coleta e armazena os espermatozoides), resultando em inflamação", comenta Fuhro. Os sintomas desse quadro incluem dor no testículo e desconforto na pélvis. 

Para evitar doenças, mantenha a região íntima sempre limpa e bem seca após urinar, ter relações sexuais e tomar banho. Além disso, ao notar qualquer problema "hidráulico na sua torneira", não sinta vergonha de procurar um médico. 

SIGA O UOL VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook - Instagram - YouTube

Mais Saúde