PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Ganho de peso não diminui benefícios de parar de fumar, diz estudo

iStock
Imagem: iStock

Do VivaBem, em São Paulo

19/08/2018 15h20

Uma das grandes desvantagens de parar de fumar é o ganho de peso, que pode acontecer como uma compensação à vontade de fumar que não é atendida. No entanto, por mais que o aumento do peso esteja associado ao risco maior de complicações da saúde, a ciência acaba de provar que não adianta usar essa desculpa para continuar fumando!

Um estudo foi publicado no New England Journal of Medicine, comparou justamente os prós e contras de parar de fumar versus ganho de peso.

Veja também:

Foram usados os dados de três estudos grandes: Nurses' Health Study, Nurses' Health Study II, e Health Professionals Follow-up Study. Dentro essas 150 mil pessoas, foram selecionados perfis que relataram ter parado de fumar e foram avaliadas as mudanças no tabagismo e peso corporal.

Os estudiosos também estimaram os riscos de diabetes tipo 2, morte por doença cardiovascular e morte por qualquer causa entre aqueles que relataram parar de fumar, de acordo com as mudanças de peso após a cessação do tabagismo.

Por mais que as pessoas que tivessem parado de fumar recentemente (2 a 6 anos) e ganhado peso apresentassem risco maior de ter diabetes tipo 2, não houve aumento na mortalidade, independente da mudança de peso após parar de fumar.

Já os riscos de morte por doença vascular aumentaram um pouco em pessoas que haviam parado de fumar recentemente, mas foram reduzindo novamente conforme o tempo sem cigarro aumentava. O mesmo aconteceu com a mortalidade por qualquer causa.

Portanto, o ganho de peso após o fim do tabagismo não atenuou os benefícios de parar de fumar na redução da mortalidade cardiovascular e por todas as causas.

VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook  Instagram  YouTube

Saúde