Topo

Tudo sobre Infarto

Sintomas e tratamentos da doença


Tudo sobre Infarto

Comer um punhado de nozes por dia reduz o colesterol e protege o coração

A semente pode ser benéfica para o coração e ainda reduz o risco de derrame - iStock
A semente pode ser benéfica para o coração e ainda reduz o risco de derrame Imagem: iStock

Do VivaBem, em São Paulo

17/07/2018 13h38

Não é de hoje que se associa o consumo regular de sementes oleaginosas (castanhas, nozes, pistache) a diversos benefícios para a saúde. E uma revisão de estudos publicada neste mês confirmou que consumir um punhado de nozes (cerca de 25 g) por dia pode reduzir o nível de colesterol e triglicérides no sangue, o que contribui para evitar problemas cardiovasculares como infarto e acidente vascular cerebral (AVC).

A pesquisa foi feita por cientistas do Departamento de Nutrição da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, e publicada no American Journal of Clinical Nutrition.

Leia também:

No trabalho científico, os pesquisadores revisaram 26 estudos randomizados, que reuniram 1.059 participantes com idade entre 22 e 75 anos. Os voluntários apresentavam colesterol alto, diabetes tipo 2, síndrome metabólica ou obesidade. Os cientistas avaliaram os benefícios de uma alimentação rica em nozes e a compararam com dietas com baixo teor de gordura, ocidentais, mediterrâneos e japonesas.

A equipe de Harvard verificou que um cardápio enriquecido com oleaginosas reduziu em 3,2 % o nível de colesterol total, em 3,7% o LDL (chamado de colesterol ruim) e em 5,5% o triglicérides. Estes resultados foram melhores do que os notados em outras dietas.
 
"A incorporação de nozes na dieta melhorou o perfil lipídico do sangue sem afetar negativamente o peso corporal ou a pressão arterial", concluíram os autores no artigo. As nozes garantem esse benefício pois são ricas em gordura poli-insaturada (boas para o coração), incluindo ômega 3, além de oferecerem uma grande variedade de substâncias antioxidantes.

 Os especialistas destacaram que, apesar de muitos estudos revisados utilizarem uma porção de nozes difícil de se consumir no dia a dia, a proteção cardiovascular foi obtida com a ingestão de menos de 28 g do alimento ao dia.  

VIVABEM NAS REDES SOCIAIS

Facebook • Instagram • YouTube

Mais Tudo sobre Infarto