PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Suplemento natural imita restrição calórica e seus benefícios para a saúde

Getty Images
Imagem: Getty Images

Do VivaBem

02/04/2018 18h17

Estudos anteriores já relacionaram a restrição de calorias à redução dos sinais fisiológicos do envelhecimento e até ao aumento da expectativa de vida. O problema é que não é todo especialista que concorda com esse tipo de dieta. Pensando em uma forma de obter os benefícios do método sem que o indivíduo precise regular o consumo de calorias, cientistas da Universidade do Colorado Boulder, nos Estados Unidos, descobriram um suplemento natural que imita a restrição calórica e suas vantagens para a saúde. Chamada de ribotídeo de nicotinomida (RN), a substância, se ingerida diariamente, ainda tende a melhorar a pressão e a saúde arterial, particularmente em pessoas com hipertensão leve.

Para o estudo, publicado na revista Nature Communications, os cientistas observaram 24 homens e mulheres saudáveis, com idade entre 55 e 79 anos. Metade dos participantes recebeu placebo durante seis semanas e depois tomou uma dose de 500 mg duas vezes ao dia do suplemento. A outra metade ingeriu o RN nas primeiras seis semanas, seguido de placebo. Os pesquisadores coletaram amostras de sangue e outras medições fisiológicas no final de cada período de tratamento.

Veja também:

No fim da pesquisa, os cientistas relataram que 1.000 mg diários de RN aumentaram os níveis de outro composto chamado nicotinamida adenina dinucleotídeo (NAD +) em 60%. O NAD + é necessário para a ativação de enzimas que estão envolvidas em uma série de ações metabólicas em todo o corpo, mas tende a diminuir com a idade. "A ideia é que ao suplementar adultos mais velhos com RN não estamos apenas restaurando algo que está perdido com o envelhecimento (NAD +), como poderíamos potencialmente aumentar a atividade das enzimas responsáveis por ajudar a proteger nosso corpo do estresse", disse Chris Martens, um dos autores do estudo.

Hipertensão e Alzheimer

A pesquisa também descobriu que em 13 participantes com pressão arterial elevada ou hipertensão estágio 1 (120-139 / 80-89 mmHg), a pressão arterial sistólica foi cerca de 10 pontos mais baixa após a suplementação. Uma queda do tipo poderia resultar em uma redução de 25% no risco de ataque cardíaco. "Se essa magnitude de redução da pressão arterial sistólica com suplementação de RN for confirmada em um ensaio clínico maior, tal efeito poderá ter amplas implicações biomédicas", observaram os autores.

No entanto, os pesquisadores afirmam que novos trabalhos são necessários. "Não podemos fazer nenhuma afirmação definitiva de que esse composto é seguro ou efetivo para segmentos específicos da população", disse Martens. "O que esse artigo nos fornece é um bom ponto de partida para o trabalho futuro".

Agora, os cientistas solicitaram um subsídio para realizar um estudo clínico maior, analisando especificamente o impacto da suplementação de RN na pressão arterial e na saúde arterial. Martens também está lançando um estudo separado sobre o impacto da RN em adultos idosos com comprometimento cognitivo leve, um precursor da doença de Alzheimer.

Siga o VivaBem nas redes sociais
Facebook • Instagram • Youtube

Saúde