PUBLICIDADE

Topo

Fernando Guerreiro

Burpee: 6 passos para executar o movimento com eficiência e segurança

iStock
Imagem: iStock
Fernando Guerreiro

Fernando Guerreiro é formado em educação física e especializado em treinamento funcional. Atleta amador, já completou ultramaratonas e triatlos, e é também head coach da We Move Brasil, equipe de treino especializada em desenvolver um estilo de vida saudável e transformador.

Colunista do UOL

23/01/2021 04h00

Roayal H. Burpee desenvolveu, em 1930, uma sequência de movimentos como protocolo de avaliação de condicionamento físico. O exercício original não envolvia a flexão de braços, que só foi incluída tempos depois pelo exército dos Estados Unidos, enquanto desenvolvia um novo protocolo para avaliar os seus soldados.

Quando se trata de exercícios com apenas o peso corporal, o burpee é um dos mais exaustivos e desafiadores. É um exercício que treina todos os músculos do corpo e estimula de forma efetiva a queima de gordura.

Por que fazer burpee cansa tanto?

É um exercício tão completo que não tem como dividir quais músculos são trilhados de forma isolada, o corpo todo precisa ir trabalhando vários ao mesmo tempo. Mas a ativação principal é dos músculos do peitoral, pernas e abdômen, que são exigidos de forma direta. Os músculos secundários são ombros, costas e braços. Estes proporcionam estabilização para o corpo, mantendo a postura mesmo depois de muitas repetições.

Durante o exercício, o corpo disponibiliza muita energia para todos os músculos, o que gera um gasto energético maior, elevando a queima de calorias. Por causa da alta intensidade do movimento, o efeito pode se manter por mais tempo do que um treino com exercícios convencionais. Enquanto você está fazendo burpees, a frequência cardiorrespiratória é elevada, acelerando muito o metabolismo.

Amando ou odiando os burpees, eles sempre vão fazer com que você avance em condicionamento físico e concentração.

Mas é importante sempre treinar prestando atenção na sua técnica. Por isso disponibilizei um tutorial de seis passos para executar o movimento com eficiência e segurança, e ainda tem um treino desafio de brinde:

Se você não tem muito tempo para se exercitar, usar o HIIT Tabata será ser perfeito para você. Fazer este exercício de 4 minutos diariamente pode ser uma ótima forma para exercitar todo o corpo e aumentar o seu metabolismo durante horas após o treino.

Você conquistará melhores resultados sempre que treinar com atenção para fazer cada repetição com excelência, ativando todos os músculos do corpo e respirando de forma correta, com consciência.