PUBLICIDADE

Topo

Viagem


Coronavírus faz MSC e Costa cancelarem cruzeiros na China

MSC Splendida - iStock
MSC Splendida Imagem: iStock

31/01/2020 08h37

As empresas MSC e Costa Crociere anunciaram nesta quinta-feira (30) a suspensão de viagens de cruzeiros que partem dos portos chineses diante da epidemia de coronavírus, que já matou pelo menos 170 pessoas.

Em comunicado, a MSC cancelou três cruzeiros programados em seu navio Splendida, que tem capacidade para 6.880 pessoas, e estava agendado nos dias 1, 5 e 9 de fevereiro para o Japão.

De acordo com a empresa, o navio partirá novamente somente em 14 de fevereiro, de Cingapura, em vez de Xangai, para o Oriente Médio e Europa, apenas. A MSC afirmou que, até o momento, nenhum caso de infecção entre passageiros ou tripulação foi relatado em nenhum de seus cruzeiros na Ásia.

"A decisão de reposicionar o navio de Xangai para Cingapura foi tomada no melhor interesse da segurança e bem-estar de nossos passageiros e tripulantes, assim como a decisão de cancelar nossas próximas três partidas programadas da China", explicou Gianni Onorato, CEO da MSC Cruzeiros.

Já a Costa Crociere suspendeu "temporariamente" nove viagens da China que estavam agendadas até 4 de fevereiro. Outra companhia de cruzeiros, a Royal Caribbean, disse que bloqueou três travessias até 8 de fevereiro em seu navio Spectrum of the Seas. Além dela, a Carnival Cruises, com sede na Flórida, já havia suspendido nove viagens programadas entre 25 de janeiro e 4 de fevereiro.

As medidas foram anunciadas no dia em que cerca de 7 mil pessoas estão bloqueadas em um navio da Costa Cruzeiros em Civitavecchia, a 80 quilômetros de Roma, na Itália, após uma turista chinesa ter apresentado febre e dificuldades respiratórias.

Coronavírus liga alerta pelo mundo

Viagem