Topo

Viagem


Companhia aérea tenta aliviar incômodo com choro de crianças em voo

Japan Airlines lança ferramenta para combater crianças que gritam no avião - Getty Images/iStockphoto
Japan Airlines lança ferramenta para combater crianças que gritam no avião Imagem: Getty Images/iStockphoto

Do UOL

30/09/2019 15h43

Ficar em um voo longo com um bebê chorando é uma situação bem desconfortável, né? Mas para passageiros da Japan Airlines (JAL) isso virou coisa do passado. A empresa lançou uma ferramenta de reserva online que indica onde as crianças estarão sentadas.

Mas como isso funciona? Bem, quando passageiros com crianças entre oito dias e dois anos reservam seus lugares, um ícone de criança aparece automaticamente nos assentos, alertando passageiros na hora de fazer o check-in.

A JAL foi rápida em apontar que o novo recurso não garante que os passageiros fiquem fora do alcance da voz de uma criança que grita. Segundo o site da companhia, o ícone não aparecerá se os passageiros reservarem seu voo através de terceiros, se fizerem parte de um grupo de turismo ou se houver uma mudança de última hora da aeronave.

A ação da JAL atraiu elogios de alguns usuários de mídia social.

"Obrigado, @JAL_Official_jp por me avisar sobre onde os bebês planejam gritar e berrar durante uma viagem de 13 horas", twittou Rahat Ahmed, empresário. "Isso realmente deve ser obrigatório em todos os aspectos."

Outros, no entanto, foram duros com viajantes por intolerância em relação a outros passageiros.

"Eles são bebês, como todos nós fomos. Precisamos aprender a tolerar ou em breve começaremos a precisar de um mapa dos locais dos assentos para respiradores bucais, babadores, bêbados e talvez muito mais na vida ", reclamou outro usuário.

Viagem