PUBLICIDADE

Topo

Universa

Parabéns, Britney! Ícone pop faz 40 anos em grande estilo. E livre

Camila Brandalise

De Universa

02/12/2021 09h50

É ela! Um dos maiores ícones pop de todos os tempos, Britney Spears faz 40 anos nesta quinta-feira (2). A liberdade talvez tenha sido seu maior presente: recentemente, ela conseguiu dar fim à tutela do pai, que controlava sua vida havia 13 anos. E a gente também comemora!

Ainda que seu primeiro disco, "...Baby, One More Time", tenha sido lançado em 1999, há mais de 20 anos, a cantora segue sendo musa em nossos corações. Na lista abaixo, te mostramos por quê.

Princesinha do pop abriu caminho para outras mulheres

Ok, Madonna é rainha, mas Britney é princesinha, sim, e desde muito cedo. Além de trabalhar na TV desde os 9 anos, com apenas 17 ela arrebatou o mundo da música com seu primeiro álbum, cujas músicas são lembradas até hoje (alô, millenials!). Vai dizer que você não se lembra da maioria dessas melodias:

Era uma época em que a indústria era ainda mais machista do que é hoje. Claro que ajudou o fato de Britney ser loira e magra, ou seja, dentro dos padrões, mas seu talento pro entretenimento é inegável. Ela mostrou, com seu sucesso, que tinha muita capacidade para o que fazia e acabou abrindo caminho para outras mulheres na música.

Servindo tendência e estilo desde sempre

Maquiagem esfumada, muito jeans e acessórios coloridos são apenas algumas das marcas registradas de Britney que influenciaram toda uma geração de adolescentes.

Convenhamos que uma das suas peças favoritas, a calça de cintura baixa, não tem lá o melhor caimento, mas foi uma febre e ela contribuiu para isso. E uma das provas de que tudo que tinha a marca Britney Spears virava sucesso foi seu perfume, Fantasy, de Elizabeth Arden, que vendeu US$ 30 milhões (o equivalente a R$ 170 milhões atuais) em apenas três meses.

Atacada constantemente por causa da aparência, fala abertamente sobre pressão estética

Os holofotes sempre estiveram voltados para Britney a cada passo dado por ela. E há um lado muito negativo nisso. Britney podia até estar dentro do padrão estético dos anos 2000 e que permanece ainda hoje — magra, branca e loira — mas, como toda mulher que alcança a fama, foi alvo de muitos comentários maldosos sobre seu corpo e sua aparência.

Em agosto deste ano, postou uma foto em que comentou estar mais gorda e mais feliz. Em 2020, falou sobre pressão estética ao postar uma foto sem maquiagem e desabafou: "Crescer em Hollywood pode ser difícil. É tudo uma questão de aparência. E a imprensa pode ser muito má", disse, ressaltando alguns comentários maldosos que já recebeu. "Por que ela parece tão velha? Por que ela parece tão jovem? Ela é muito gorda, ela é muito magra", escreveu.

Comoveu todo mundo para garantir sua liberdade

Milionária, mas presa a uma vida sob as ordens do pai. Britney não aceitou a prisão à qual era submetida e brigou com toda a garra por sua liberdade, que significaria o fim da tutela de 13 anos do pai, que praticamente comandava todos os seus passos, cuidava de seu dinheiro, agenda de trabalho e, segundo a imprensa, até dos posts que ela fazia nas redes sociais.

Finalmente a tutela chegou ao fim em meados de novembro, e todo mundo que torceu por isso vibrou junto. A conquista foi muito simbólica para todas as mulheres: afinal, porque uma mulher de quase 40 anos ainda deveria obedecer um homem? Em seu Instagram, começou a postar diversas mensagens de empoderamento, se tornando uma influência para sua audiência feminina.

E olha ela, toda feliz, depois da decisão judicial que lhe devolveu a liberdade:

Dá todo o seu amor à comunidade LGBT

Britney defende a comunidade LGBT e manda todo seu amor sempre que pode. Já recebeu prêmio por espalhar a palavra da representatividade, já fez carta aberta aos fãs gays, lésbicas e bissexuais e já disse até que "os ama tanto que até dói".

Britoca, a gente te ama de volta!

Universa