PUBLICIDADE

Topo

Direitos da mulher

Mesmo sem querer, Marília Mendonça levou feminismo ao sertanejo; relembre

Julia Flores e Luiza Souto

De Universa

05/11/2021 18h24

Embora não se declarasse feminista, Marília Mendonça foi uma das primeiras cantoras sertanejas a falar sobre empoderamento feminino e liberdade sexual das mulheres. A artista de 26 anos, que morreu em um acidente de avião na tarde desta sexta-feira (5), também se envolveu em projetos contra a violência doméstica —como o álbum "Patroas", com Maiara e Maraísa.

Universa fez uma seleção de trechos de músicas e de frases de Marília que mostram a importância da cantora para a luta feminina no Brasil —especialmente num meio musical machista, como sempre foi o sertanejo.

"Amante não tem lar"

Num comentário sobre a música "A Amante" no Twitter, Marília diz:

"Por mais três horas"

Nessa letra, Marília canta: "Não sei o que você tava pensando, me controlando, sufocando. Saiba, eu não nasci pra isso".

"A culpa é dele"

Aqui, a artista reforça a amizade entre mulheres e canta: "Se quem tava comigo era ele, a culpa é dele. Quem fez essa bagunça na nossa amizade é ele. Eu não vou deixar de ser sua amiga por causa de um qualquer. Que não respeita uma mulher".

"Mulher não sabe fazer coisa meia boca"

Novamente no Twitter, Marília falou sobre como as mulheres fazem tudo bem-feito.

"Tire suas mãos de mim"

Em julho último, Marília lançou, ao lado de Maiara e Maraísa, música que fala sobre violência contra a mulher. Ela veio a público após as denúncias de Pamella Holanda, que revelou ter sido agredida pelo DJ Ivys.

A música fazia parte de um projeto ainda futuro sobre a conscientização contra a violência doméstica e teve lançamento antecipado por causa do episódio.

A letra diz: "Tire suas mãos de mim. Quando eu te conheci você não era assim. Não te devo explicação de nada. Não tenho medo da sua ameaça. É que pra você é só ciúme. Mas isso é doença e você não assume. Seu amor é mal acostumado a gritar e proibir".

Superação

Na canção "Supera", ela mais uma vez reforça a amizade netre mulheres e aconselha a amiga: "Ele tá fazendo de tapete o seu coração. Promete pra mim que dessa vez você vai falar não. De mulher pra mulher, supera. De mulher pra mulher, supera".

"Pratique união"

No Twitter, ela pregou apoio entre as mulheres. E escreveu: "E só mais uma coisa: pratique a união que você prega. Apoiar mulher quando ela está numa situação 'pior' que você é fácil! Quero ver é apoiar mulher quando ela está 'melhor' que você, em quaisquer que sejam os aspectos! Aí é fogo, né??? 'Fica bem, só não fica melhor que eu'"

Direitos da mulher