PUBLICIDADE

Topo

Universa

Ginecologista cria 1ª camisinha unissex do mundo, com superfície adesiva

Ginecologista John Tang Ing Chinh mostra camisinha unissex - Divulgação/ Reuters
Ginecologista John Tang Ing Chinh mostra camisinha unissex Imagem: Divulgação/ Reuters

Colaboração para o UOL, em São Paulo

28/10/2021 11h00Atualizada em 28/10/2021 11h00

O ginecologista John Tang Ing Chinh, da Malásia, criou o que ele acredita ser a primeira camisinha unissex do mundo, que pode ser utilizada tanto por homens como por mulheres. O preservativo é feito com um material médico geralmente usado em curativos para ferimentos e possui uma área adesiva.

O médico espera que o preservativo, chamado Wondaleaf Unisex Condom, ajude as pessoas a terem um melhor controle sobre sua saúde sexual, independentemente do seu gênero ou orientação sexual.

"É basicamente um preservativo normal com uma cobertura adesiva que se fixa à vagina ou ao pênis, além de cobrir a área adjacente para proteção extra", explicou à Reuters o ginecologista, que atua na empresa de suprimentos médicos Twin Catalyst.

Ainda segundo o ginecologista a parte adesiva é aplicada apenas em um lado do preservativo, o que significa que pode ser revertido e usado por qualquer sexo.

Cada caixa contém dois preservativos e custará 14,99 ringgit malaio, o equivalente a cerca de R$ 20. Ele estará disponível para compras no site da empresa a partir de dezembro.

O ginecologista fez os preservativos usando poliuretano, um material usado em curativos transparentes que é fino, flexível, resistente e também à prova d'água. John acrescentou que a camisinha já passou por várias pesquisas clínicas e testes.

"Após colocá-lo, muitas vezes você não percebe que ele está lá. Estou bastante otimista de que, com o tempo, será um acréscimo significativo aos muitos métodos anticoncepcionais usados no mundo na prevenção de gravidez e também de doenças", acrescentou o ginecologista.

Recentemente, uma alemã se destacou com um método de esterilização masculina, que banha os testículos dos homens com ultrassom, em uma técnica que pode revolucionar o mundo dos contraceptivos.

Universa