PUBLICIDADE

Topo

Mães e filhos

Como Talíria: políticas e mães, elas também amamentaram no plenário

A deputada Talíria Petrone com a filha Moana discursando no plenário da Câmara sobre a privatização da Eletrobras - Reprodução/Instagram
A deputada Talíria Petrone com a filha Moana discursando no plenário da Câmara sobre a privatização da Eletrobras Imagem: Reprodução/Instagram

Nathália Geraldo

De Universa

23/06/2021 15h06

Durante discurso contra a Medida Provisória da capitalização da Eletrobras na tribuna da Câmara dos Deputados, na segunda-feira (21), a deputada federal Talíria Petrone (PSOL-RJ) protagonizou um momento emblemático ao amamentar sua filha, Moana Mayalú, enquanto trabalhava.

A bebê estava em uma bolsa canguru, próxima ao corpo de Talíria e, em determinados momentos, procurou o seio da mãe; a política seguiu com sua fala, enquanto a menina era amamentada. A foto das duas no plenário ganhou repercussão nas redes sociais. Principalmente mães que trabalham compartilharam o registro no Instagram. "Representatividade", deixaram algumas seguidoras nos comentários da rede social da parlamentar.

Talíria não é a primeira nem a única que levou a amamentação e o cuidado com os filhos para dentro do Congresso. No Brasil e no mundo, políticas têm provado que é preciso naturalizar a experiência da maternidade daquelas que não vão desistir de seus espaços conquistados dentro do sistema político. Universa traz abaixo lista de mulheres que viraram símbolos nessa luta.

Mulheres levam filhos ao Plenário e rompem tabus

Para algumas pessoas, a amamentação em público ainda é tabu. Não é raro que mães, ao publicarem fotos com seus bebês nesse contexto serem criticadas como aconteceu com a atriz Isis Valverde em 2019.

Assim como Talíria, outras mulheres com cargos políticos foram protagonistas de cenas parecidas.

taliria - Michel Jesus/Câmara dos Deputados - Michel Jesus/Câmara dos Deputados
Talíria Petrone (PSOL - RJ) com a filha Moana na segunda-feira (21), na Câmara dos Deputados
Imagem: Michel Jesus/Câmara dos Deputados

No Twitter, a deputada mencionou a presença da filha no plenário. "Hoje durante minha fala em defesa de uma Eletrobrás pública. Dura derrota pra quem acredita que energia elétrica e água são recursos essenciais e não devem ser privatizados. Seguimos na luta pra reverter! Moana aprendendo de qual lado da luta a gente está!".

Veja a lista:

Joana Darc

joana - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Deputada Joana Darc Protetora, do Amazonas, amamentando o filho Joaquim, no plenário
Imagem: Reprodução/Instagram

A deputada estadual do Amazonas Joana Darc Protetora (PL-AM) divulgou em seu Instagram o registro dela com o filho, Joaquim, em seu expediente de trabalho na Assembleia. O bebê tem Síndrome de Down. Na legenda do registro, ela escreveu que "maternidade também é luta".

"Mãe atípica, lactante e deputada! Desde 1852, há 169 anos, uma deputada NUNCA tinha usufruído da licença-maternidade na ALEAM, nem subiu à tribuna amamentando seu filho no mandato. É a 1ª vez que isso acontece e a partir de hoje se decreta uma nova fase em que mamãe e bebê podem ocupar livremente o parlamento. Maternidade é muita luta também!".

Manuela D'Ávila

manuela - Reprodução/Facebook - Reprodução/Facebook
A então deputada Manuela D'Ávila amamentando a filha Laura, em 2016, na Comissão de Direitos Humanos da Assembleia
Imagem: Reprodução/Facebook

No Brasil, a então deputada federal Manuela D'Ávila fez o mesmo movimento, em 2016. Ela levou a filha Laura, então com 11 meses, para o Congresso, e a foto também repercutiu na mídia nacional e internacional. Manuela aproveitou a ocasião para defender o aleitamento materno e a importância de o tema não ser um tabu na sociedade.

"Via de regra, a amamento ou no gabinete ou no banheiro. Busco um local em que ela se sinta acolhida. Aquele dia, porém, a comissão começou a se estender por pautas trazidas por mim. Ela mamou ali. E dormiu. Todas as mulheres que são mães e amamentam ou amamentaram sabem que esse gesto é natural e espontâneo!", escreveu Manuela à época no Facebook.

Victoria Donda (Argentina)

victoria donda - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Em 2015, a deputada federal argentina Victoria Donda amamentou Trilce, com 8 meses, no Congresso
Imagem: Reprodução/Instagram

A parlamentar argentina Victoria Donda fez história em sua atuação política ao levar ao Congresso e a outros eventos políticos a pequena Trilce, quando ela não tinha nem um ano. Em 2015, ela também amamentou a criança ao lado de seus colegas parlamentares. Na época, ela ganhou elogios nas redes sociais por ajudar a combater a discriminação contra as mães que promovem o aleitamento materno em público.

Larissa Waters (Austrália)

larissa waters - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Senadora Larissa Waters foi a primeira mulher a amamentar no parlamento australiano, em 2017
Imagem: Reprodução/Instagram

Em 2017, a então senadora Larissa Waters foi a primeira mulher a amamentar a filha no plenário. Alia Joy tinha dois meses e o momento foi bastante simbólico: o Senado australiano permitia amamentação na Casa desde 2003, mas elas foram as primeiras a exercerem esse direito. O momento só foi possível, aliás, porque um ano antes a deputada e ministra de governo Kelly O'Dwyer havia sido instruída a ordenhar leite materno para não perder compromissos parlamentares.

Mães e filhos