PUBLICIDADE

Topo

Stalkeadas

Um olhar diferente sobre o que bomba nas redes sociais


Stalkeadas

Ludmilla faz 26 anos sem medo de falar de temas polêmicos. Veja frases

Ludmilla celebra 26 anos neste sábado (24) - Rodolfo Magalhães/Divulgação
Ludmilla celebra 26 anos neste sábado (24) Imagem: Rodolfo Magalhães/Divulgação

De Universa, em São Paulo

24/04/2021 16h44

Como Ludmilla mesmo canta: "É hoje": A cantora completa 26 anos neste sábado (24) e já ganhou declaração apaixonada da esposa, a dançarina Brunna Gonçalves e fez selfie de comemoração. Lud é voz potente no palco e também fora dele, no combate ao machismo, ao racismo, e à homofobia. Sempre que pode, fala pelo respeito aos cabelos crespos, pela autoestima de mulheres negras, e pela representatividade LGBTQIA+.

Para celebrar o aniversário de Ludmilla, relembre 6 frases que a cantora disse a Universa e que mostram sua força e representatividade:

"No início da carreira eu chorava porque só queria ser aceita. Tinha que ter um tom de pele mais claro, meu nariz tinha que ser mais fino, minha boca também. A minha fala tinha que ser diferente. E isso não era eu. Eu sou negra, tenho os traços negros, sou assim.

"O racismo tem essa função: de sempre fazer a gente se sentir mal, de querer trocar as partes do corpo para alguém te aceitar, de pensar em ter outra cor"

"Depois que eu percebi a importância de ser empoderada, ninguém pode mais me parar"

"Sou representatividade por onde quer que eu passe. Até sem falar nada, sentada numa cadeira perto de um bando de gente padrão, já estou ali representando"

"Os homens têm que abrir mais a mente deles e começar a dar ouvido para as mulheres, não achar que tudo é 'mimimi'. É chato passar na rua e parece que você é um pedaço de frango ali rodando na padaria de domingo"

"É um grande caminho que a gente tem para lutar, porque a coisa ainda é pesada, mas a gente está cada vez quebrando mais tabus e se impondo mais"

Stalkeadas