PUBLICIDADE

Topo

Sexo

Truque de Anitta para o sexo anal funciona? Ana Canosa comenta

Anitta revelou, em entrevista, seus truques para tornar o sexo anal mais confortável - Reprodução / Instagram
Anitta revelou, em entrevista, seus truques para tornar o sexo anal mais confortável Imagem: Reprodução / Instagram

Ana Bardella

De Universa

23/01/2021 14h15

Em vídeo publicado pelo maquiador mexicano Luis Torres Beauty, Anitta contou mais uma vez detalhes picantes da sua vida sexual. Além de revelar que já namorou um homem com fetiche em observá-la tendo relações sexuais com outras pessoas, a cantora falou também sobre sexo anal. Primeiro, detalhou as preparações que costuma fazer antes da transa. Em seguida, revelou que usa um objeto para ajudar a lubrificar a região: um aplicador de creme vaginal.

Para surpresa do entrevistador, a cantora pegou um desses aplicadores da bolsa e explicou como utiliza o objeto para a lubrificação do ânus.

"Em vez de creme [vaginal], você vai colocar lubrificante. E em vez de colocar na 'boneca', vai colocar atrás. Coloca lá dentro e tira", ela disse, gesticulando com as mãos. Dessa forma, ela garantiu que quando o "amiguinho" entrar, a região já estará molhada — e permanecerá assim durante toda a transa.

Usar aplicador de creme vaginal para lubrificar o ânus funciona?

Ana Canosa, psicóloga, sexóloga e colunista de Universa revela se o truque de Anitta é realmente válido. "Na verdade, não há necessidade de usar o aplicador para colocar o lubrificante no ânus e não há recomendações dos profissionais da saúde de usar objetos com essa finalidade. Os lubrificantes são sim, muito necessários, já que o reto não tem lubrificação natural, mas basta lambuzar a região por fora com o dedo e passar também na glande do pênis", explica.

Anitta também disse ser fã de lubrificantes com diferentes cheiros e cores. Revelou que o seu tipo preferido é o de algodão doce. A sexóloga explicou que tudo bem usar esse tipo de produto, desde que seja à base de água e aprovado pela Anvisa. "Só é preciso tomar cuidado com os lubrificantes anestésicos, já que a pessoa pode acabar não sentindo que está sendo machucada durante o sexo e só perceber isso depois", alerta.

E a tal da chuca, precisa mesmo fazer?

Anitta foi direto ao ponto: disse que para evitar "passar cheque", costuma "fazer a chuca", ou seja, introduzir água no ânus para lavar a região por dentro.

Ana Canosa explica, no entanto, que a prática não é necessária. "Apesar de popular, o problema desse tipo de preparação é que a água pode retirar a proteção natural do organismo, algo que favorece fissuras e até uma contaminação da região", pontua. Se a água está muito quente, por exemplo, isso pode piorar machucados já existentes ou criar novos. Já se uma quantidade grande de água chegar até o cólon, fezes líquidas vão descer.

Se a ideia é evitar situações constrangedoras, a sexóloga recomenda adotar uma alimentação leve no dia anterior e procurar transar horas depois de ter defecado. "Mas se um acidente acontecer, vale a pena encarar de forma natural, porque é um risco que se corre", diz.

Até a Anitta, que tem experiência no assunto, gosta de ir com calma

Para quem está se familiarizando com o assunto, Ana recomenda paciência. "Ninguém faz sexo anal da noite para o dia. É um processo: você precisa ir adaptando o ânus com a entrada, porque até então ele só estava acostumado com a saída", diz. Para fazer isso, ela recomenda o uso de plugs anais ou os próprios dedos. E dica importante: só introduzir na região sex toys que têm trava e são específicos para uso anal, já que os demais podem entrar e não sair mais. "Aí, só indo para o hospital", ela comenta.

A própria Anitta, apesar da experiência, disse que prefere começar estando por cima, para poder controlar a entrada do pênis na região. "Depois trocamos, mas no começo eu gosto por cima", ela disse. A dica de Ana é exatamente essa: esquecer tudo o que já vimos nos filmes pornô e evitar, no início, a posição de quatro. "Sugiro que seja com intimidade, com alguém com quem você se sinta seguro. E começar de ladinho, no papai e mamãe ou por cima, como Anitta, para ter mais controle da situação".

E se não rolar? "Às vezes rola, às vezes não. Tudo depende do desejo, da excitação e do controle do intestino naquele dia. Além disso, muitas pessoas não gostam e são sensíveis, sentem dor. Não há nada de errado com isso", garante.

Sexo