PUBLICIDADE

Topo

Direitos da mulher

Hilary Swank processa sindicato que se negou a cobrir tratamento de ovários

Hilary Swank, vencedora de dois Oscars, tem tratamento de cisto nos ovários negado por sindicato dos atores - Divulgação
Hilary Swank, vencedora de dois Oscars, tem tratamento de cisto nos ovários negado por sindicato dos atores Imagem: Divulgação

De Universa, em São Paulo

09/09/2020 11h08

A atriz Hilary Swank está processando o sindicado dos atores dos Estados Unidos porque o plano de saúde oferecido não cobre o tratamento de um cisto nos ovários. Ela pede a cobertura para a doença, que causa graus extremos de refluxo ácido, dores pélvicas, cólicas e fadiga.

Em 2015, Swank fez pedidos para que o plano cobrisse o seu tratamento, mas o sindicato não aceitou e deu justificativas sexistas, de acordo com o site The Hollywood Reporter.

A reclamação da atriz, anexada ao processo, diz que "os curadores apontaram uma exclusão no plano para 'tratamento de infertilidade', insinuando que que o único propósito de se preservar a saúde de um ovário é procriar".

"Os curadores disseram repetidamente que não havia nenhuma razão clínica para tratar ou monitorar cistos ovarianos, exceto para 'tratamento de infertilidade'", continuou.

Este assunto aborda uma questão chocantemente antiquada de se o único propósito de uma mulher, e especificamente seus ovários, é procriar
Hilary Swank

Swank ganhou o Oscar de melhor atriz em 2000 e 2005 por "Meninos Não Choram" e "Menina de Ouro", respectivamente.

Direitos da mulher