PUBLICIDADE

Topo

Direitos da mulher

Banheiros do Reino Unido serão tombados por ajudar na emancipação feminina

Sem locais públicos para fazer xixi, as mulheres eram obrigadas a ficar em casa, o que foi depois chamado de "coleira urinária" - iStock/VivaBem
Sem locais públicos para fazer xixi, as mulheres eram obrigadas a ficar em casa, o que foi depois chamado de "coleira urinária" Imagem: iStock/VivaBem

De Universa, em São Paulo

03/09/2020 11h06

Dois dos primeiros banheiros públicos do Reino Unido exclusivos para mulheres receberam o status de Grau 2, o que significa que estão sendo tombados pelo patrimônio público pelo que representam para a história.

De acordo com o site Metro, os dois banheiros, localizados em Northumberland (aberto em 1899), a 550 km de Londres, e em Sunderland (aberto em 1904), a 450 km da capital da Inglaterra, são raros exemplos de instalações sanitárias criadas para atender o público feminino.

Sem locais públicos para algo tão simples como fazer xixi, as mulheres eram privadas de sair de casa, o que ficou conhecido como "coleira urinária".

No primeiro dia de funcionamento, o banheiro aberto em 1899 teve 62 clientes, que pagaram um centavo de libra esterlina para usá-lo — o equivalente hoje a R$ 0,07.

O banheiro de 1904 foi projetado para parecer uma casa de campo rústica, disfarçando seu real propósito, que era urinar em local público. Permaneceu em uso até a década de 1950 e desde então tem sido usado como depósito municipal e até mesmo como sede para uma sorveteria.

As construções listadas como Grau 2 estão sujeitas a regulamentos rígidos que protegem seu significado histórico e arquitetônico, sem autorização para atividades que mudem seu estilo original.

"O aparecimento de banheiros como estes representou a abertura gradual de um mundo de novas oportunidades de lazer e trabalho anteriormente indisponíveis para as mulheres", afirma Debbie Mays, do órgão que lista o patrimônio público.

Os primeiros banheiros públicos do Reino Unido, na segunda metade do século 19, foram instalados em locais de trabalho, estações ferroviárias, parques, lojas, pubs e restaurantes, mas a grande maioria era estritamente para homens.

Os primeiros banheiros femininos foram abertos em Londres na década de 1880, dando às mulheres mais tempo para fazer compras, mas continuaram sendo bem poucos até depois da Primeira Guerra Mundial (1914-1918).

Direitos da mulher