PUBLICIDADE

Topo

Médicas têm dificuldade de achar equipamento de proteção de tamanho correto

16.abr.2020 - Coronavírus: de avental de plástico, enfermeira atende paciente em Altrincham, no Reino Unido - Christopher Furlong/Getty Images
16.abr.2020 - Coronavírus: de avental de plástico, enfermeira atende paciente em Altrincham, no Reino Unido Imagem: Christopher Furlong/Getty Images

De Universa, em São Paulo

22/04/2020 11h34

A Associação Médica Britânica (BMA, na sigla em inglês) revelou uma nova faceta da crise do coronavírus.

As médicas que trabalham na linha de frente no combate à covid-19 no Reino Unido estão com dificuldades em encontrar equipamentos de proteção individual (EPIs) no tamanho adequado.

"O EPI corretamente ajustado é essencial para a proteção da equipe e dos pacientes e tamanhos menores precisam ser disponibilizados com urgência", disse Helen Fidler, vice-presidente do comitê de consultores da BMA no Reino Unido à CNN.

Esses equipamentos, em sua maioria, são desenhados levando em consideração tamanhos e medidas masculinos.

A BMA recorda, que apesar disso, 75% dos profissionais de saúde que trabalham no NHS, o sistema de saúde público do Reino Unido, são mulheres.

"É vital que, para manter a equipe em ambientes clínicos seguros, haja um suprimento adequado de EPI e que ele se encaixe corretamente", completou Fidler.

Direitos da mulher