PUBLICIDADE

Topo

Hospital retoma serviço de aborto legal em SP após parada pelo coronavírus

Hospital Pérola Byington é o principal centro de aborto legal em SP - Divulgação
Hospital Pérola Byington é o principal centro de aborto legal em SP Imagem: Divulgação

Colaboração para Universa, em São Paulo

30/03/2020 16h57

O hospital Pérola Byington retomou hoje as atividades no setor de atendimento às vítimas de violência sexual, e também nos serviços de aborto legal. O anúncio foi feito por meio de nota divulgada por órgãos da Defensoria Pública do Estado de São Paulo e do MP (Ministério Público) estadual.

Segundo o comunicado, o "Projeto Bem Me Quer está atendendo ininterruptamente vítimas de violência sexual, prestando atendimento curativo de lesões e preventivo com administração de profilaxias necessárias para cada caso". A nota divulgada hoje afirma também que "as instituições estão atentas e continuam fiscalizando as políticas públicas de garantia dos direitos das mulheres".

Na última quinta-feira (26), a reportagem da revista AzMina revelou que a crise do novo coronavírus havia provocado a paralisação dos trabalhos no Pérola Byington, que é o principal hospital de aborto legal em São Paulo. Na ocasião, a secretaria estadual de Saúde disse que o atendimento ambulatorial foi suspenso para reduzir a circulação de pessoas e evitar a propagação da covid-19 durante a internação e procedimento.

A Frente Nacional Contra a Criminalização das Mulheres e Pela Legalização do Aborto havia se posicionado dizendo que a interrupção do serviço do Pérola Byington representava "grave barreira no acesso ao aborto legal, empurrando as mulheres para a ilegalidade", o que significava "maior risco à saúde e à vida, principalmente das mulheres negras e empobrecidas".

Direitos da mulher