PUBLICIDADE

Topo

Camila Pitanga: 'É político se cuidar. E cuidarmos umas das outras'

Camila Pitanga em entrevista à Glamour - Divulgação/Glamour
Camila Pitanga em entrevista à Glamour Imagem: Divulgação/Glamour

De Universa, em São Paulo

13/03/2020 09h54

A atriz Camila Pitanga, que está morando uma temporada em São Paulo a trabalho, falou sobre seu momento e o feminismo, destacando dois pontos de luta importante: o autocuidado e a sororidade.

Ela citou os obstáculos em comum das mulheres. "As mulheres são constantemente exigidas a vivenciar os desafios de estar no mundo, trabalhar, gerenciar sua família, sua casa, seu trabalho. Se você não tem a base da saúde muito bem regrada, muito bem alicerçada, fica difícil você dar conta", opinou ela, em entrevista à Glamour.

"Às vezes você até dá conta, mais vai se esgotando, se esvaindo, então, eu acho que a necessidade do autocuidado, de prezar pelo conforto é para que nós, mulheres, tenhamos o combustível cheio para que a gente possa ter a energia necessária de dar conta de tantas responsabilidades. É político se cuidar. E cuidarmos umas das outras, nós mulheres", complementou.

Camila lamentou um momento de luta com uma sociedade tão polarizada, que dificulta que as vitórias cheguem.

"Acho que o que tem de pior é a conjuntura em que nós mulheres estamos imersas. A conjuntura que valoriza muito a polarização, o ódio, essa questão de fake news. Tudo isso é deletério para a sociedade como um todo, mas sem dúvida que as mulheres sofrem muito sobre isso", afirmou ela.

"Em 2015 houve um florescimento, a Primavera das Mulheres, uma Primavera de valores feministas que colocam as mulheres numa sinergia de união, que tem uma força, uma potência, que é para fazer a transformação ser muito maior, é para abalar as estruturas com o que tem de melhor, do que tem de mais progressista, de mais humanista e mais bacana para mulheres e também para os homens", analisou.

Camila falou da relação com a filha, Antonia, de 11 anos, que lhe ensina lições e ajuda a ter uma rotina alegre.

"Acho que ela me ensina muito essa coisa dela ser determinada mesmo. Ser essa jovem, essa criança...ela tem 11 anos! Mas dela ser uma pessoa preocupada, que reflete sobre seu tempo, mas que ao mesmo tempo sabe ser criança e gosta de brincar, gosta de dançar e ouvir música. Alegria não tira seriedade, ser feliz, poder se aventurar no desconhecido é poder saber que a gente não pode tirar nunca a base mãe do amor e da alegria. A gente não pode abrir mão disso. E a Antonia me estimula todo, todo dia", derreteu-se a mãe.

Minha filhota feliz dia das crianças!

Uma publicação compartilhada por Camila Pitanga (@caiapitanga) em

Camila Pitanga está morando em São Paulo por conta das gravações da série "Aruanas", do Globoplay, e da peça "Por Que Não Vivemos?", que estreia em 20 de março.

Direitos da mulher