PUBLICIDADE

Topo

Beleza

Tia Má diz que usar perucas a ajudou a conhecer melhor seu cabelo crespo

A jornalista Maíra Azevedo, conhecida como Tia Má, no Encontro - Reprodução/Globo
A jornalista Maíra Azevedo, conhecida como Tia Má, no Encontro Imagem: Reprodução/Globo

De Universa

10/01/2020 12h35

A jornalista Maíra Azevedo, conhecida como Tia Má, participou hoje do Encontro com Fátima Bernardes e falou sobre o hábito de usar perucas e trocar de "cabelo" de acordo com a ocasião.

"Tem gente que troca de roupa por causa do cabelo, eu troco de cabelo por causa da roupa", brincou, ao contar que tem mais de 50 perucas, entre laces, apliques e outros tipos. "Essa possibilidade de mudar, de poder estar em qualquer lugar com qualquer cabelo, me inspira muito".

A jornalista, que é negra, contou que o gosto nasceu por conta da pressão que sofria para manter os fios crespos sempre alisados.

"Por muito tempo, o cabelo crespo foi associado ao que não prestava, era o 'cabelo ruim'", criticou.

"Nós [mulheres negras] passamos muito tempo querendo alisar nossos cabelos, nos submetendo a horas de química e o resultado não ficava igual. Eu uso laces, apliques, há uma infinidade de possibilidades. Eu amo meu cabelo black natural, cuido dele, mas entendo ele melhor graças às perucas".

Beleza