PUBLICIDADE

Topo

Mães e filhos

Pathy Dejesus diz ter sentido culpa por voltar ao trabalho após dar à luz

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

De Universa, em São Paulo

04/01/2020 12h49

Mãe de primeira viagem, Pathy Dejesus deu detalhes sobre a vida ao lado do pequeno Rakim, que nasceu em junho do ano passado, fruto do relacionamento da atriz com o ator Alexandre Cioletti.

Em entrevista à revista Quem, ela revelou que sentiu "muita" culpa ao voltar à rotina de gravações meses depois de dar à luz, mas aproveitou para brincar com a situação. "Até conversei com outras mães sobre isso. Mas tem a questão maior que é: o Rakim não é herdeiro. Tenho que trabalhar e ele já sabe. A realidade hoje é bem diferente, as mulheres são independentes".

Pathy Dejesus também não largou o trabalho durante a gravidez. "Ele foi gerado aqui dentro, ele sabe que a mãe dele é essa pessoa que trabalha desde sempre. Durante a gravidez, inclusive, trabalhei muito. Os anos que mais trabalhei foram 2018 e 2019, então ele já foi gerado nesse ritmo. Eu parei quando estava de sete para oito meses e ele nasceu com oito, nem nove tinha completo. Praticamente pari trabalhando e voltei depois de dois meses e meio", falou ao veículo.

A colaboração da família de Pathy foi fundamental nos primeiros meses de vida do filho, já que o marido também precisou voltar ao trabalho.

"Minha rede de apoio eram o papai e os avós, meu pai e minha mãe. Muitas vezes estávamos [ela e Alexandre] gravando juntos. Mas a gente contou com a ajuda da produtora, eu extraía leite e mandava pro Rakim, ele não ficou sem mamar um segundo, consegui fazer um estoque em casa. Minha obstetra e a pediatra do Rakim me ajudaram muito de como fazer nessa situação e sobrevivemos todos. O Rakim está um adolescente já! O menino tem seis, sete meses e já está quase andando".

Mães e filhos