PUBLICIDADE

Topo

Miss Universo: "Finalmente mulheres [negras] como eu sabem que são bonitas"

Zozibini Tunzi é coroada nova Miss Universo 2020 - Elijah Nouvelage / Reuters
Zozibini Tunzi é coroada nova Miss Universo 2020 Imagem: Elijah Nouvelage / Reuters

De Universa

09/12/2019 10h40

Zozibini Tunzi, a sul-africana coroada Miss Universo 2019 ontem, durante evento em Atlanta, nos Estados Unidos, aproveitou a visibilidade do concurso para chamar atenção sobre como o racismo afeta a autoestima de meninas e mulheres negras.

"A sociedade foi programada durante muito tempo para não ver a beleza negra. Mas agora estamos entrando em um tempo em que finalmente as mulheres como eu podem saber que somos bonitas", disse.

Essa não é a primeira vez que uma sul-africana leva o título de mulher mais bonita do mundo — outras duas já foram coroadas: Margaret Gardiner, em 1978, e Demi-Leigh Nel-Peters, quase 40 anos depois, em 2017.

Por outro lado, há oito anos uma mulher negra não vencia o Miss Universo. A última foi a angolana Leila Lopes, em 2011.

Diversidade