Topo

Novidades de beleza

Aparelho de choque promete definir o corpo sem precisar ir à academia

iStock
Imagem: iStock

Paula Roschel

Colaboração para Universa

10/04/2019 04h00

Nos anos 2000, uma propaganda trazia a personagem Feiticeira, interpretada por Joana Prado, com o seguinte bordão: "Não é feitiçaria, é tecnologia". A loira ostentava seu Elysée Belt, cinta que distribuía "choquinhos" com a promessa de fazer uma "ginástica" para quem não quisesse se mover. Pois tais choques voltam a prometer corpos esculpidos sem muito esforço: a novidade atende pelo nome de Emsculpt e pode ser usada nos glúteos e na barriga.

Enquanto o Elysée Belt trabalhava apenas como coadjuvante, com eletrodos de baixa potência, a novidade que acaba de desembarcar no Brasil promete força máxima, capaz de deixar os glúteos turbinados em pouco tempo e sem academia. "O Emsculpt aprimora a hipertrofia muscular e causa sua definição. Após quatro ou seis sessões, aparecem gominhos no abdômen ou bumbum empinado. A tecnologia de energia eletromagnética de alta intensidade atinge uma musculatura profunda, que não é possível alcançar na academia", explica a fisioterapeuta dermatofuncional Paola Portugal Gouvêa Pini, da Clínica Finit, de São Paulo.

Indicações

Além de disparar estímulos que contraem a musculatura, o aparelho que se tornou sucesso nos Estados Unidos no segundo semestre de 2018 também ajuda na queima de gordura. "É o primeiro tratamento que atua no músculo e na gordura ao mesmo tempo", diz o dermatologista Jardis Volpe, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, de São Paulo. "Suas contraindicações envolvem pessoas com marcapasso e implantes metálicos (como o DIU), com câncer, doenças neurológicas, gravidez e doenças sistêmicas sem controle", completa.

Durante o protocolo, o paciente sente a contração da musculatura tratada, mas sem dor. "O aparelho promete 20 mil contrações involuntárias durante 30 minutos, tempo que dura uma sessão", diz o dermatologista Alberto Cordeiro, especialista em cosmiatria, da Horaios Estética, de São Paulo. Se a promessa de músculos definidos seduz, o preço não é dos mais atrativos: cada sessão custa a partir de R$ 2 mil.

Dorzinha de academia

Apesar de a sessão não ser muito incômoda, os dias que sucedem o procedimento envolvem dor moderada em muitos casos, principalmente entre os mais sedentários. "O paciente pode permanecer com dor muscular como se tivesse feito musculação forte na região tratada", comenta Alberto Cordeiro.

Os números de ganho de massa magra são expressivos. "O Emsculp provoca aumento de até 18% da massa muscular da área tratada em oito semanas. Esses estudos que demonstram o incremento foram feitos por meio de ressonância magnética, tomografia computadorizada e ultrassom. Em todos os resultados foram identificados o mesmo aumento do valor muscular", diz Paola.

Emsculpt

O que é? Tratamento não invasivo para diminuir gordura e tonificar os músculos do abdômen e dos glúteos.
Resultados esperados: Bumbum mais empinado e abdômen definido.
Duração: 30 minutos por sessão.
Quantidade de sessões: Quatro. Pode ser feita uma por semana, mas também existe a possibilidade de se fazer as quatro com intervalo de 24 horas entre elas, para resultado expresso.
Contraindicação: Marcapasso, câncer, implantes metálicos, doenças neurológicas, gravidez e doenças sistêmicas sem controle.
Manutenção: Uma sessão a cada três meses.
Valor da sessão: A partir de R$ 2.000 por sessão.

Mais Novidades de beleza