PUBLICIDADE

Topo

Universa

Gato arremessado durante manifestação em Brasília pode perder uma pata

Filhote foi arremessado em manifestação em Brasília - Reprodução/Facebook
Filhote foi arremessado em manifestação em Brasília Imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL

26/05/2017 14h52Atualizada em 28/05/2017 12h35

Durante a manifestação ocorrida em Brasília contra o governo de Michel Temer, na quarta-feira (24), um pequeno gato foi atirado na Esplanada e se feriu. Segundo Aedê Cadaxa, funcionária do Ministério da Saúde, o animal sofreu um sério ferimento na pata direita dianteira, que pode ser amputada. O resgate foi feito por uma jornalista da TV Senado, que cobria o protesto.

Em fotos postadas após o resgate do gato, Aedê confirma que o bicho está em tratamento, mas que agora procura por um lar definitivo.

Na noite desta quinta-feira, Aedê deu mais detalhes da recuperação do bichinho: "O gatinho está internado em uma clínica veterinária no Lago Norte desde ontem. Hoje ele passou por exames, fez um raio x e foi avaliado por um ortopedista. Ele será medicado com anti-inflamatório por 2 dias. Só depois desse prazo e dependendo de como o gato reagir e que saberemos se ele terá mesmo que amputar. Vamos torcer para que não precise. Parece que já tem uma pessoa que irá adotá-lo. Aproveito para agradecer todas as mensagens e a corrente de amor e ajuda pro gatinho. Provavelmente vamos precisar de ajuda financeira para pagar o tratamento. Quando souber de mais detalhes publico aqui, ok. Gratidão".

Uma página foi criada no Facebook para dar notícias sobre o gato que está sendo chamado de Tripé. Post de sábado (27) dá conta que o gato está com uma infecção viral que precisa ser tratada antes que ele faça a cirurgia de amputação da pata dianteira direita. O animal já foi adotado.

Universa