PUBLICIDADE
Topo

Pedidos de bloqueio contra spam telefônico chega a 10 mi; veja como fazer

3,5% dos telefones brasileiros já foram registrados para bloquear spam - katemangostar/ Freepik
3,5% dos telefones brasileiros já foram registrados para bloquear spam Imagem: katemangostar/ Freepik

Lucas Carvalho

De Tilt, em São Paulo

08/04/2022 00h01Atualizada em 08/04/2022 11h40

Em operação desde julho de 2019, a plataforma "Não Me Perturbe", que permite ao consumidor se cadastrar para não receber mais mensagens e ligações de telemarketing de certas empresas, cruzou nesta semana a marca de 10 milhões de números cadastrados.

Isto significa que os brasileiros já cadastraram 10 milhões de números para que sejam excluídos das listas de telemarketing. Mas o filtro não vale para todas as empresas: o site, mantido por bancos e operadoras, só bloqueia chamadas feitas por serviços de telecomunicações ou de crédito consignado.

Segundo a Conexis, entidade que representa as principais operadoras de telefonia do Brasil, esses 10 milhões de cadastros representam apenas 3,5% da base de 284,9 milhões de telefones fixos e móveis ativos no país hoje.

A maior parte dos pedidos de bloqueio vem do estado de São Paulo, segundo a Conexis. São 4,8 milhões de números paulistas registrados, o que representa 3,5% da base de telefonia móvel e fixa do estado.

Em segundo lugar vem o Paraná, com 885,6 mil números inseridos no "Não Me Perturbe". Em seguida vem Minas Gerais, com 871,6 mil. O Distrito Federal é a unidade da federação com mais pedidos de bloqueio proporcionais à quantidade de telefones ativos: 6,8% dos números ativos no DF estão cadastrados na plataforma.

Como se cadastrar

Para cadastrar o seu número na plataforma gratuitamente, siga o passo-a-passo:

  1. Acesse o site naomeperturbe.com.br;
  2. Na página inicial, clique em "Login" ou "Efetuar login" (caso já seja usuário) ou "Cadastrar" ou "Quero me cadastrar" (e preencha o formulário com dados pessoais);
  3. Na sua página, clique em "Novo bloqueio";
  4. Na tela de "Solicitar bloqueio", insira seu número de telefone e marque as empresas das quais não deseja receber chamadas de telemarketing;
  5. Clique em "Não sou um robô" e em "Validar bloqueio";
  6. Preencha o código de 6 dígitos enviado por SMS;
  7. Guarde o comprovante de solicitação de bloqueio.

Pronto! Em até 30 dias, empresas de telecomunicações e de crédito consignado associadas ao programa vão parar de te encher.

Outras dicas

Por se limitar a empresas de telecomunicações e finanças, o "Não Me Perturbe" não consegue barrar todo o volume de chamadas indesejadas que os brasileiros costumam receber por dia. Por isso, há outras estratégias que você pode tentar.

1. No próprio celular

É possível bloquear números específicos diretamente no celular, seja Android ou iPhone. Basta selecionar o número que te ligou e ir nas configurações da chamada. Procure uma opção como "Bloquear este chamador" ou "Bloquear/desbloquear número" (menus dependem do modelo do aparelho).

Assim, o próprio celular vai impedir que qualquer ligação deste único contato seja completada. Mas seus ramais e variantes continuarão liberados.

2. Bloquear desconhecidos

Não é a melhor opção (pois não diferencia o que é telemarketing ou não), mas é uma alternativa. Se ativada, todas as chamadas de números que não estão na agenda do celular serão recusadas. Mas cuidado, porque isso pode fazer você perder contatos importantes.

Para ativar a função, siga os seguintes caminhos:

  • No iPhone: "Ajustes" > "Telefone" > "Silenciar Desconhecidos"
  • No Android: "Ligações" > "Configurações" > "Números bloqueados" > "Desconhecidos"

3. Por aplicativos

Há diversos aplicativos que fazem o serviço de bloqueio de chamadas e/ou identificam quem está ligando, de acordo com bancos de dados colaborativos. A dica é baixar apenas apps das lojas oficiais (Play Store, Apple Store, Galaxy Store), e que sejam bem avaliados. Alguns dos mais recomendados são: Hiya, Whoscall e o Truecaller.

Você também pode usar um desses apps para barrar qualquer ligação que comece com o prefixo 0303, instituído pela Anatel em março como número obrigatório para identificar chamadas de telemarketing. O prefixo ainda não vale para todos os números nem é usado por todas as empresas, mas é mais uma maneira de tentar filtrar chamadas de spam.