PUBLICIDADE
Topo

Me ajuda, como funciona a proteção à água na escala IP67 ou IP68?

Qual é a diferença entre proteção do celular IP67 ou IP68? - Arte UOL
Qual é a diferença entre proteção do celular IP67 ou IP68? Imagem: Arte UOL

Colaboração para Tilt, em São Paulo

20/08/2021 04h00

A tecnologia avançou e já faz um tempo que alguns modelos de smartphones ganharam camadas de proteção e resistência contra poeira e água. Para descobrir o nível que o seu celular tem é preciso analisar a Certificação IP, uma escala que fica "escondida" entre um mix de letras e números, como IP67 e IP68.

A sigla IP significa "Ingress Protection" (ou Proteção de Entrada, em tradução livre) e foi criada pela Comissão Eletrotécnica Internacional, órgão regulamentador de padronização de tecnologias e condições de testes para certificação de aparelhos.

A sigla está sempre acompanhada de dois números. O primeiro indica a resistência à poeira e vai de 0 a 6. O segundo, a resistência à água e vai de 0 a 8. Quanto maior os números, maior a resistência do aparelho.

Nesse bolo todo, é importante reforçar que ser resistente à água é diferente de ser à prova d'água. O segundo quer dizer que o dispositivo é impermeável, ou seja, não sofrerá danos mesmo que caia na piscina, na banheira ou no vaso sanitário.

Já o primeiro significa que eles vão continuar funcionando perfeitamente após pegar uma chuva, mas não é o caso de mergulhá-lo durante muito tempo em líquidos. Dito isso, vamos entender a qual nível de resistência os aparelhos pertencem.

Grau de proteção contra sólidos

0 - Sem proteção
1 - Proteção contra sólidos cujo diâmetro seja maior do que 50 mm
2 - Proteção contra sólidos cujo diâmetro seja maior do que 12,5 mm
3 - Proteção contra sólidos cujo diâmetro seja maior do que 2,5 mm
4 - Proteção contra sólidos cujo diâmetro seja maior do que 1 mm
5 - Proteção contra o acúmulo de poeira e contato com partes internas do equipamento
6 - Proteção total contra a entrada de poeira

    Grau de proteção contra água

    0 - Sem proteção
    1 - Proteção contra queda vertical de gotas de água
    2 - Proteção contra queda de gotas de água a uma angulação de 15 graus
    3 - Proteção contra queda de gotas de água a uma angulação de 60 graus
    4 - Proteção contra água borrifada em qualquer uma das direções
    5 - Proteção contra jatos de água mais leves
    6 - Proteção contra maresia intensa, contra grande acúmulo de líquidos ou contra jatos de água com pressão
    7 - Proteção contra imersão temporária de até 1 metro e por um período de até 30 minutos
    8 - Proteção contra submersão completa, contra imersão prolongada em situações sob pressão

    Para saber qual a resistência de um celular basta olhar as especificações no manual.

    Pronto, agora que já sei que meu celular é resistente à água posso abusar? Não, vai com calma! Caso você precise de maior proteção e queira evitar acidentes indesejados, você ainda pode:

    • Usar tampas de borrachas ou silicone nas entradas USB e de fones de ouvido.
    • Selar os componentes internos principais --processador, memória RAM e memória interna. Nesse caso, não é preciso das tampas.

    Apesar de ter uma certificação de resistência à água, isso não significa que os aparelhos podem ficar submersos por muito tempo. Evite ficar fazendo testes mirabolantes. A proteção foi desenvolvida para caso de acidentes ou uma chuva mesmo.

    Evite também levar o celular para o mar. Isso porque os testes IP são feitos com água doce, e não com água salgada. O sal pode danificar o aparelho.

    Cuidado redobrado ainda com outros líquidos, como café, refrigerante etc. Isso pelo mesmo motivo explicado anteriormente: os testes IP são feitos somente com água. Caso ocorra algum acidente deste tipo, desligue o celular, limpe-o, retire a bateria — se possível — e deixe-o desligado até que ele esteja seco por completo. Só volte a ligá-lo depois disso.