PUBLICIDADE
Topo

Samsung lança Galaxy S21 no Brasil por R$ 5.999 e sem carregador na caixa

Galaxy S21 Ultra (esq.) ao lado do Galaxy S21 - Divulgação/Samsung
Galaxy S21 Ultra (esq.) ao lado do Galaxy S21 Imagem: Divulgação/Samsung

Lucas Carvalho*

De Tilt, em São Paulo

09/02/2021 11h05Atualizada em 09/02/2021 16h08

Sem tempo, irmão

  • Novos smartphones chegam custando de R$ 5.999 a R$ 10.499
  • Nenhum dos novos modelos vem com carregador ou fones de ouvido na caixa

O Galaxy S21 da Samsung, primeiro celular top de linha da marca em 2021, chega ao Brasil nesta terça (9) com preços que vão de R$ 5.999 a R$ 10.499 e repetindo a mesma tática polêmica da Apple com o iPhone 12: nenhum dos três novos modelos vêm com carregador ou fones de ouvido na caixa.

Chegam ao Brasil o Galaxy S21, o Galaxy S21+ e o Galaxy S21 Ultra. Os aparelhos foram anunciados no exterior em janeiro por preços que variavam de US$ 799 a US$ 1.199. Ainda sobre carregadores, a empresa deu uma pequena vantagem no lançamento: quem comprar na pré-venda, que começa nesta quarta-feira (10), recebe o acessório de graça.

O "presente" é fruto de um acordo entre a Samsung e o Procon de São Paulo. Conforme Tilt antecipou em janeiro, o órgão de defesa do consumidor, que já havia questionado a Apple por excluir o carregador da caixa dos iPhones, estava de olho nos indícios de que a marca coreana faria o mesmo.

Segundo o diretor executivo do Procon-SP, Fernando Capez, "trata-se de um acordo histórico com a Samsung válido somente para o Brasil, que sai na frente do mundo inteiro e que em março deverá ser transformado em acordo definitivo, já que não existe uma justificativa de caráter ambiental para esse tipo de procedimento", informou em nota.

No site oficial da Samsung, um carregador simples de 15 W com conector USB-C custa R$ 89,10. Já o modelo mais caro e mais rápido, de 45 W, custa R$ 233,10. No varejo há adaptadores homologados pela Anatel a partir de R$ 29.

Possivelmente por conta da alta do dólar, o preço de lançamento do S21 básico é mais alto que o preço de lançamento do antecessor, o S20, que chegou ao Brasil por R$ 5.499, embora custasse US$ 999 nos EUA. A Samsung não se pronunciou sobre o ajuste no preço.

O Galaxy S21 e S21+ se diferenciam pelo tamanho da tela —6,2 polegadas (15,7 cm) e 6,7 polegadas (17 cm), respectivamente— e um novo design na área das câmeras. Já o Galaxy S21 Ultra tem um corpo de metal, conta com quatro câmeras na traseira e suporte à caneta S Pen (que é vendida separadamente). Todos já vêm com suporte ao 5G.

Veja os preços:

  • Galaxy S21: R$ 5.999
  • Galaxy S21+ (128 GB): R$ 6.999
  • Galaxy S21+ (256 GB): R$ 7.399
  • Galaxy S21 Ultra (256 GB): R$ 9.499
  • Galaxy S21 Ultra (512 GB): R$ 10.499

Além do carregador e dos fones de ouvido, a linha S21 abre mão da gaveta para cartão de memória micro SD. O processador da linha é o Exynos 2100 (2,9 GHz). Nos EUA e em alguns outros mercados, eles usam processador Snapdragon 888 (2,84 GHz).

Galaxy S21 e Galaxy S21+: novo visual e câmeras mais espertas

O Galaxy S21 tem a traseira em plástico, e o S21+ em metal. O visor conta com taxa de atualização variável que vai até 120 Hz. Isso traz mais fluidez na imagem em games e outras animações do sistema.

Os telefones têm baterias de 4.000 mAh (S21) e 4.800 mAh (S21+) com suporte a carregamento sem fio e carregamento reverso —recurso em que o celular carrega fones de ouvido, relógios inteligentes ou até smartphones.

A câmera de selfie dos dois aparelhos é de 10 MP. Na traseira, a principal é de 64 MP (f/2.0), a ultra-grande angular, de 12 MP, e teleobjetiva, 12 MP. Nesta última, o S21+ usa estabilização ótica de imagem, que evita fotos ou vídeos tremidos.

Galaxy S21 Ultra: mais câmeras e canetinha

Mais poderoso entre os aparelhos, o Galaxy S21 Ultra tem tela com taxa de atualização de até 120 GHz de 6,8 polegadas (cerca de 17,3 centímetros). O visor suporta brilho de até 1.500 nits, que ajuda a ver a tela debaixo de sol forte.

São quatro câmeras traseiras: uma principal de 108 MP, duas teleobjetivas de 10 MP (sendo uma com zoom ótico de 3x e outra de 10x) e uma ultra-grande angular de 12 MP. Para selfie, o sensor frontal é de 40 MP.

O S21 Ultra é o primeiro smartphone da família S compatível com a caneta S Pen, da linha Galaxy Note. Mas o acessório é vendido separadamente e não há gaveta dentro do celular para guardá-la. Uma capa especial vendida à parte mantém a caneta junto ao aparelho.

Ficha técnica: Galaxy S21

  • Memórias: 8 GB de RAM + 128 GB (não aceita microSD)
  • Sistema operacional: Android 11
  • Processador: Exynos 2100
  • Tela: Oled 6,2 polegadas FHD+
  • Câmera selfie: 10 MP
  • Câmeras traseiras: 64 MP (f/2.0) + ultra-grande angular de 12 MP + teleobjetiva de 12 MP
  • Bateria: 4.000 mAh
  • Resistência à agua: IP68
  • Cores: violeta, rosa, cinza e branco
  • Conectividade: 5G e Wi-Fi 6
  • Peso: 171 g

Ficha técnica: Galaxy S21+

  • Memórias: 8 GB de RAM + 128 GB/256 GB de armazenamento (não aceita microSD)
  • Sistema operacional: Android 11 com interface OneUI 3
  • Processador: Exynos 2100
  • Tela: Oled de 6,7 polegadas FHD+ (com taxa de atualização de 48Hz até 120 Hz)
  • Câmera selfie: 10 MP
  • Câmeras traseiras: 64 MP (f/2.0) + ultra-grande angular de 12 MP + teleobjetiva de 12 MP com estabilização óptica
  • Bateria: 4.800 mAh
  • Resistência à agua: IP68
  • Cores: prata e preto
  • Conectividade: 5G, Wi-Fi 6 e UWB
  • Peso: 202 g

Ficha técnica: Galaxy S21 Ultra

  • Memórias: 12 GB/16 GB de RAM + 256 GB/512 GB de armazenamento (não dá para aumentar com cartão de memória microSD)
  • Sistema operacional: Android 11 com interface OneUI 3
  • Processador: Exynos 2100
  • Tela: Oled de 6,8 polegadas QuadHD (com taxa de atualização de 10 Hz até 120 Hz)
  • Câmera selfie: 40 MP
  • Câmeras traseiras: 108 MP + ultra-grande angular de 12 MP + teleobjetiva de 12 MP com zoom de 3x + teleobjetiva de 10 MP com zoom de 10x
  • Bateria: 5.000 mAh
  • Resistência à água: IP68
  • Cores: prata e preto
  • Conectividade: 5G, Wi-Fi 6e, UWB e S Pen
  • Peso: 228 g

* Colaborou Guilherme Tagiaroli