PUBLICIDADE
Topo

Recorde quebrado! Galaxy M51 é lançado com bateria digna de tablet

Galaxy M51, novo celular da Samsung - Reprodução
Galaxy M51, novo celular da Samsung Imagem: Reprodução

Thiago Varella

Colaboração para Tilt

31/08/2020 11h54

A Samsung confirmou o lançamento de seu smartphone intermediário Galaxy M51 com uma bateria gigante de 7.000 mAh, recorde na história da fabricante sul-coreana. O novo modelo apareceu pela primeira vez no site alemão da empresa.

Miliamperes-hora (mAh) é a unidade de medida que identifica a a transferência de carga elétrica por meio de uma corrente estável de um miliampere ao longo de uma hora. Geralmente, quanto maior a quantidade de mAh, maior a autonomia do smartphone.

Para se ter uma ideia do impacto da novidade do M51, o tablet Tab S6 Lite da Samsung, que vem com tela de 10 polegadas, possui uma bateria de 7.040 mAh. Ou seja, a fabricante sul-coreana está praticamente colocando uma bateria de tablet em um smartphone.=

A bateria mais poderosa de um celular Samsung até então era a do M31, com 6.000 mAh. No entanto, há algum tempo já existia o rumor de um smartphone com bateria de 7.000 mAh. O M41 havia sido certificado na China com bateria de 6.800 mAh. No entanto, o projeto acabou cancelado.

O número de 6.000 mAh costuma ser o topo entre outras fabricantes também - existem smartphones da Asus e Motorola com essa capacidade. É raridade ver smartphones passando desse "limite".

A Samsung promete que o M51 vai precisar ser carregado apenas a cada dois dias e virá com carregamento rápido de 25W.

Um intermediário poderoso

O Galaxy M51 terá processador octacore — sites especializados dizem que é um Snapdragon 730, mas a Samsung ainda não confirmou —, 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno, expansível com cartão microSD.

A tela será uma Super Amoled, de 6,7 polegadas, com resolução Full HD+. Na parte de trás, o smartphone terá um esquema de quatro câmeras, com uma principal de 64 MP, uma lente ultra-wide de 12 MP, uma macro de 5 MP e um sensor de profundidade também de 5MP. A câmera frontal terá 32 MP.

Inicialmente, o M51 será vendido em alguns países da Europa, como a Alemanha, e vai custar ?360 (cerca de R$ 2.350). Nesses locais, o smartphone já está em pré-venda e começará a ser enviado em 11 de setembro.

Ainda não há informações sobre o lançamento do novo celular no Brasil.