PUBLICIDADE
Topo

Grow suspende serviços de compartilhamento de patinetes no Brasil

Usuário de patinete com capacete -  RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Usuário de patinete com capacete Imagem: RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

20/03/2020 18h17

A Grow anunciou hoje que vai suspender temporariamente o compartilhamento de patinetes elétricas no Brasil.

A partir de amanhã, o serviço será suspenso em São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba em decorrência da pandemia do novo coronavírus. A medida vale também para a Colômbia e o Peru. A empresa declarou que segue avaliando a situação dos outros países em que atua.

Em nota, a Grow afirmou que "a decisão foi tomada visando proteger funcionários, usuários e não-usuários do risco de contágio pela doença, seguindo as recomendações dos órgãos de saúde brasileiros". Não há data definida para a normalização dos serviços.

Os usuários devem ser informados da medida por meio do aplicativo e das redes sociais da Grin.

Antes da suspensão dos serviços, da Grow já havia liberado os funcionários que faziam parte do grupo de risco (grávidas, idosos e pessoas com problemas respiratórios), implementado um protocolo de desinfecção dos equipamentos, estabelecido home-office para os funcionários dos escritórios e, desde terça-feira, disponibilizado o desbloqueio grátis de patinetes para quem precisasse ir às ruas.

Negócios