PUBLICIDADE
Topo

Facebook pagará US$ 550 mi para quitar processo sobre reconhecimento facial

Johanna Geron/Reuters
Imagem: Johanna Geron/Reuters

De Tilt, em São Paulo

30/01/2020 11h41

O Facebook aceitou pagar US$ 550 milhões (cerca de R$ 2,3 bilhões) para encerrar um processo coletivo sobre uso de tecnologia de reconhecimento facial. O caso, divulgado pelo The New York Times, aconteceu em Illinois.

A resolução da ação é considerada, segundo o jornal, "uma grande vitória" a grupos de privacidade, já que, novamente, o caso levantou questões sobre as práticas da rede social.

A história surgiu a partir do Tag Suggestions, serviço de rotulagem de fotos do Facebook. Este sistema utiliza software de biometria facial com o objetivo de identificar e sugerir nomes de pessoas nas imagens publicadas pelos usuários.

No processo, que tramitava desde 2015, os reclamantes consideraram que a ação viola as leis do estado de Illinois, já que a rede social não pedia permissão tampouco avisava por quanto tempo as informações eram guardadas.

Pela determinação da Justiça norte-americana, a rede de Mark Zuckerberg deve pagar a quantia aos "usuários elegíveis de Illinois" - além das taxas legais.