PUBLICIDADE
Topo

CEO do Twitter volta a rejeitar botão de edição: "A resposta é não"

Possibilidade de corrigir tuítes já publicados é uma demanda antiga dos usuários do Twitter ? e que deve continuar não sendo atendida - Divulgação
Possibilidade de corrigir tuítes já publicados é uma demanda antiga dos usuários do Twitter ? e que deve continuar não sendo atendida Imagem: Divulgação

De Tilt, em São Paulo

15/01/2020 19h24

A possibilidade de corrigir tuítes já publicados é uma reivindicação antiga dos usuários do Twitter - e que deve continuar não sendo atendida. Questionado sobre a criação de um botão de edição para a plataforma ainda em 2020, Jack Dorsey, executivo-chefe da empresa, foi categórico: "A resposta é não".

"Nós começamos como um serviço de SMS, de envio de mensagens de texto", contou. "E, como vocês sabem, quando você envia uma mensagem, você não pode desfazer isso. Queríamos preservar esse modelo, esse sentimento", completou.

O executivo também apontou os possíveis riscos trazidos pelo recurso, uma vez que alguns usuários poderiam usá-lo para enganar as pessoas. "Nós provavelmente nunca vamos fazer isso [criar um botão de edição]", concluiu.

SIGA TILT NAS REDES SOCIAIS

Redes sociais