Topo

Vitória! Recurso do Whats agora impede que você seja adicionado em grupos

Getty Images
Imagem: Getty Images

Bruna Souza Cruz

De Tilt, em São Paulo

06/11/2019 09h47

Sem tempo, irmão

  • Novo recurso do WhatsApp foi liberada globalmente e dá mais controle aos usuários
  • Com a novidade, o usuário pode escolher quem da sua lista de contatos poderá adicioná-lo em grupos
  • O novo sistema de convites pode ser acessado dentro das configurações do WhatsApp

Meses depois de iniciar alguns testes, o WhatsApp finalmente traz para o Brasil (e para o mundo) um dos recursos mais esperados do momento: ter o poder de escolher quem pode nos adicionar nos grupos do serviço de mensagens.

Com a novidade, ninguém vai mais conseguir ser adicionado em nada aleatoriamente. O usuário terá a opção de escolher os contatos cadastrados em sua agenda que podem ou não inclui-lo nos grupos (antigos ou novos).

O novo sistema de convites começou a funcionar globalmente nesta semana e a atualização deve começar a funcionar aos poucos para os usuários.

O sonho virando realidade

O WhatsApp finalmente ouviu os seus usuários. A mudança representa um marco quando o assunto é ter mais controle e privacidade (e paz, obviamente).

Até então, só era possível impedir a inclusão em determinado grupo se o usuário bloqueasse o administrador ou os administradores.

Outra opção era sair de uma conversa por pelo menos duas vezes. O WhatsApp bloqueava o convite e a pessoa não era mais perturbada com isso. Bem burocrático, não?

O prazo para o aceite do convite é de três dias - Divulgação
O prazo para o aceite do convite é de três dias
Imagem: Divulgação

Agora é só abrir o WhatsApp e ir nas configurações:

  • Entre na "Conta" e procure a opção "Privacidade"
  • Em seguida, vá nos "Grupos" e selecione uma das opções abaixo:
    - "Todos": qualquer pessoa pode adicionar você em grupos sem que você autorize;
    - "Meus contatos": somente as pessoas que você salvou na sua lista de contatos poderão adicioná-lo nos grupos;
    - "Meus contatos, exceto": você escolhe os contatos específicos cadastrados em sua agenda que não poderão incluir você nos grupos.

Nos dois últimos itens, você vai receber um convite individual - em uma conversa privada — informando que alguém deseja incluir o seu perfil dentro de determinado grupo.

O prazo para o aceite é de três dias. Depois disso, ele expira.

Mais mudanças vindo por aí?

Os planos do WhatsApp de dar mais controle para os usuários passam pela ideia de tornar as informações que circulam na ferramenta mais claras e transparentes.

Alguns testes, por exemplo, envolvem não só limitar a capacidade que temos de encaminhar um conteúdo para os nossos contatos, mas proibir de vez que ele apareça nos grupos.

Duas das estratégias do WhatsApp na luta contra a disseminação de boatos é começar a mostrar quantas vezes uma mesma mensagem foi encaminhada. E, se ela tiver sido reenviada mais de cinco vezes, uma marcação com os dizeres "encaminhadas com frequência" passa a ficar em destaque para o usuário.

Com isso, o internauta ficaria mais alerta e com maior controle para refletir se determinada informação pode ser falsa ou verdadeira.

Na parte dos grupos, um outro teste envolve impedir que as mensagens encaminhadas muitas vezes sejam compartilhadas dentro deles.

O poder fica ainda na mão dos administradores do grupo, que passam a ter a opção de escolher se os conteúdos reenviados mais de cinco vezes podem ser postados por lá.

SIGA TILT NAS REDES SOCIAIS

WhatsApp