PUBLICIDADE

Topo

Vice do Boca quer fim de exclusividade com PES: "Um erro não estar no Fifa"

Efootball PES 2020 - Divulgação
Efootball PES 2020 Imagem: Divulgação

De Start, em São Paulo

20/12/2019 16h18

A briga comercial entre Konami, dona do Pro Evolution Soccer (PES), e a norte-americana Electronic Arts, criadora do Fifa, pelos direitos dos principais clubes do mundo está longe de ter um fim. Há algum tempo, a empresa japonesa desembolsou quase R$ 5 milhões para ter exclusividade com o Boca Juniors, mas tudo pode mudar.

De acordo com o jornal argentino Olé, o vice-presidente do clube de Buenos Aires, Mario Pergolini, já avisou que vai se reunir com a Konami para transmitir o desejo de cortar o contrato de exclusividade.

"É um erro o Boca não estar em um jogo como o Fifa porque tem um vínculo com o PES. Ele fica longe de milhões de pessoas", afirmou.

Os contratos de exclusividade têm modificado a experiência do usuário de acordo com o jogo. Como é detentora dos direitos sobre o Boca no mundo dos games de futebol, apenas a Konami pode usar o nome do time, do estádio e dos jogadores. No Fifa, o clube é chamado apenas como Buenos Aires FC.