Topo

Guia


Armas de Borderlands 3: Conheça as diferenças entre cada fabricante

Reprodução
Imagem: Reprodução

Daniel Esdras

Do GameHall

10/10/2019 04h00

Borderlands não é chamado de "Looter Shooter" em vão. O foco do jogo é derrubar milhares de inimigos durante a jornada para conseguir equipamentos cada vez mais poderosos e raros. São mais de um bilhão de armas com diversos efeitos diferentes e que estão fazendo a cabeça dos jogadores no recente "Borderlands 3".

Na série, as armas são divididas em diversas marcas, que contam com características únicas e têm envolvimento direto com a narrativa do jogo, já que essas fabricantes têm relação com personagens-chave e ajudam a contar a história.

Se você desconhece como funciona cada uma delas e está perdido com a quantidade de armas no seu inventário, sem saber qual escolher, esse guia foi feito para você. Entenda a seguir as características e vantagens de cada uma das marcas presentes no Borderlands 3.

Children of the Vault (COV)

Reprodução
Imagem: Reprodução

As crianças da arca, ou Children of the Vault, são os novos inimigos em Borderlands 3. Como era de se esperar, eles também têm uma linha própria de armas, com variações que vão de bazucas até pistolas. Mas o diferencial mesmo está na forma de lidar com a munição dessas armas.

Ao contrário de todas as outras, as COV não possuem pentes, ou seja, não é preciso recarregar a arma nunca. Enquanto você tiver balas no inventário, elas vão continuar atirando direto, com um porém. As armas COV superaquecem com o tempo, precisando ser resfriadas (com uma pistolinha de água) para não travar no meio do combate.

Se você gostou da premissa, essa é a sua nova marca favorita. Se não gostou, aproveite que elas valem um ótimo preço e venda bastante para conseguir uma boa pilha de dinheiro.

Vladof

Reprodução
Imagem: Reprodução

A marca Vladof é inspirada em armas soviéticas de alto calibre. Se seu objetivo é se sentir como o Rambo com uma "Machine Gun", essa é a sua escolha natural. O principal atributo dessa marca será sempre a cadência de tiros: quanto mais balas por minuto, melhor. O resultado disso é uma dissipação alta, que dificulta bastante a precisão da arma. Em curtas e médias distâncias elas são monstruosas e aplicam um bom dano constante, mas são um desastre para distâncias mais longas.

Além do problema da precisão, as Vladofs também consomem muita munição. Se essa for a sua escolha, foque em melhorar bastante o limite de munição do seu inventário.

Hyperion

Reprodução
Imagem: Reprodução

A Hyperion é uma das corporações mais conhecidas da série Borderlands, com diversos momentos de antagonismo nas histórias contadas sobre as aventuras dos caçadores de arca. Suas armas também são icônicas e estiveram presentes desde o primeiro jogo da franquia.

Em Borderlands 3 elas estão de volta, com toda a pegada futurista a que estamos acostumados e alguns detalhes interessantes a mais. O primeiro deles é que quando o jogador mirar com uma arma da Hyperion, vai criar um escudo de energia que sai das laterais da arma e protege contra alguns disparos dos inimigos. Outra novidade é que, em alguns modelos, o recuo está diferente do convencional. Agora as armas da Hyperion começam com um recuo "brabo" de controlar mas à medida que o pente vai esvaziando vai ficando mais fácil de segurar a mira. Com essa marca, vá sempre de modo automático.

Tediore

Reprodução
Imagem: Reprodução

A Tediore é a responsável pelas mecânicas mais inusitadas do jogo, geralmente relacionadas com o recarregamento das armas. Um exemplo que já vem do jogo anterior e se mantém em Borderlands 3 são os carregamentos granada. Funciona assim: em vez de trocar o pente quando acaba a munição, você arremessa a arma nos inimigos e ela explode. Assim que isso ocorre, você recebe uma arma novinha em mãos. Achou bizarro? Então espere até descobrir a novidade da marca.

Agora as armas da Tediore têm uma segunda mecânica de recarregar, elas criam pés e saem andando e atirando nos inimigos por um tempo. Você não leu errado, elas se transformam em um aliado momentâneo, quase um mascote, que serve para ajudar contra as hordas de inimigos que te esperam pelos planetas do jogo.

Torgue

Reprodução
Imagem: Reprodução

A Torgue é a opção ideal para quem gosta de explosões. Em vez da munição comum, as armas dessa fabricante atiram projéteis mais lentos mas que explodem ao entrar em contato com o inimigo ou com o ambiente, lançado tudo pelo ar com uma boa quantidade de dano, especialmente em armas elementais.

Além disso, a novidade da vez é o modo alternativo, que permite lançar projéteis que grudam nos inimigos e podem ser explodidos depois. Quanto mais desses você colar nos inimigos, maior será o dano aplicado.

Maliwan

Reprodução
Imagem: Reprodução

Se seu objetivo é ser versátil e especialmente gerar dano elemental, aproveitando das fraquezas dos adversários, a Maliwan é a melhor escolha. Enquanto todas as outras marcas têm apenas uma chance de vir com efeitos elementais, a Maliwan vem sempre com dois deles, que podem ser alternados no modo de disparo. Uma Maliwan pode vir com os efeitos de fogo e corrosão, ficando forte contra armaduras e carne.

Além disso, com essas armas é possível carregar o seu tiro antes do disparo, o que reduz a cadência mas aumenta o dano e a efetividade dos efeitos elementais.

Dahl

Reprodução
Imagem: Reprodução

As armas da Dahl são ainda mais versáteis que as da Maliwan, já que sempre contam com vários tipos de ações secundárias para os disparos. Isso se justifica por ela ser uma coorporação militar e produzir armamento tático de combate. O problema é que quando você quer fazer tudo, acaba não sendo especialista em nada.

Enquanto as outras marcas dominam seu nicho, a Dahl fica como aceitável em tudo, o que vai acabar fazendo você abrir mão das armas dela quando decidir o seu estilo de jogo. Elas são as mais comuns em Borderlands, e você vai se deparar com elas constantemente.

Atlas

Reprodução
Imagem: Reprodução

As armas da Atlas apostam em tecnologia de ponta para conseguir agradar seus consumidores. A grande novidade dessa corporação para Borderlands 3 são as balas inteligentes. Em um dos modos de tiro, você poderá disparar um sinalizador no inimigo e então atirar sem medo de errar, pois todas as balas vão segui-lo com uma precisão mortal.

Contra inimigos com muita agilidade e movimentação ou para focar em precisão, vá de Atlas, que retorna após a ausência em Borderlands 2.

Jakobs

Reprodução
Imagem: Reprodução

Para finalizar, vamos de Jakobs, a marca mais estilosa da franquia. O conceito aqui é baseado nas armas de época, do velho oeste até metralhadoras da máfia dos anos 20 e 30. Com seus acabamentos em madeira e aço, a Jakobs é uma das favoritas para os bons de mira, já que abrem mão de cadência para uma porcentagem de dano crítico mortal.

Um efeito interessante dessas armas é a possibilidade de ricochetear suas balas, que podem atingir mais de um inimigo pelo caminho ou proporcionar jogadas épicas no melhor estilo Billy the Kid.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: http://vm.tiktok.com/Rqwe2g/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol

Guia