PUBLICIDADE
Topo

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Elenco, críticas e 'nova' Marília: 'Central Splash' analisa 'Rensga Hits!'

Colaboração para Splash, em São Paulo

05/08/2022 04h00

Além do nome curioso, a série "Rensga Hits!" também já é um sucesso. A produção, que chegou nesta semana ao Globoplay, é protagonizada por Alice Wegmann e um elenco forte de mulheres para abordar a presença feminina no sertanejo.

O "Central Splash" analisou a história da série, as críticas feitas à indústria da música sertaneja e a comparação com a cantora Marília Mendonça, que morreu em um acidente aéreo em novembro do ano passado.

O apresentador e colunista Chico Barney avaliou que a história amarra com muita qualidade os bastidores do universo sertanejo.

Para ele, um dos pontos fortes foi a escalação das atrizes Deborah Secco, Fabiana Karla e Rafa Kalimann.

É interessante por falar muitas coisas sobre os bastidores da música sertaneja, que é o nosso gênero mais popular e constrói uma história agradável com figuronas. É uma série de atrizes, sobretudo, em torno da Alice.

Já Aline Ramos chamou atenção para a própria Alice Wegmann e sua personagem Raissa Medeiros.

O grande destaque é a atuação da Alice, porque ela é uma protagonista que é impossível não gostar. Raissa é uma personagem muito bem escrita também. É legal ela ser uma cantora romântica, mas não ser delicada no dia a dia.

Segundo a colunista, a série só peca em comparar Raissa com Marília Mendonça.

A única coisa que me incomodou é que a Alice canta muito bem, mas forçaram ao compará-la com a Marília. A voz da personagem não é como a da Marília. Poderiam ter cortado isso da história.

A trama explora de maneira bastante assertiva as desigualdades de gênero e raça no sertanejo, conforme pontua o colunista Lucas Pasin.

A série muda algumas coisas que faltam no sertanejo, por exemplo, os grandes escritórios são comandados por homens. Não existem mulheres na liderança como na série. Uma das duplas de maior sucesso ser formada por pessoas negras também é algo que não vemos no Brasil.

'Central Splash'

Comandado por Chico Barney no YouTube (e no TikTok e no Twitter) de Splash, o "Splash Show" de quarta cresceu, ganhou um novo nome e uma faixa em horário quase-nobre só para ele. No "Central Splash", de segunda a sexta-feira, sempre às 18h, o colunista se junta aos colegas Aline Ramos e Lucas Pasin para discutir tudo o que está bombando nos realitys shows, TV e na vida das celebridades e subcelebridades.