PUBLICIDADE
Topo

'Game Of Thrones': Escritor diz não entender críticas sobre final da série

"Game of Thrones": está entre as séries mais assistidas de todos os tempos - Divulgação
"Game of Thrones": está entre as séries mais assistidas de todos os tempos Imagem: Divulgação

Colaboração para Splash, em São Paulo

30/05/2022 18h32

O escritor da série "Game Of Thrones", George R.R. Martin afirmou "não entender" o hater que alguns fãs desenvolveram pela história após o final da série em 2019.

"Como alguém pode odiar tanto o que um dia já amou?", questionou, em entrevista ao jornal britânico The Independent . "Se você não gosta mais de uma série, não a assista! Como foi que tudo se tornou tão tóxico?", acrescentou.

Ele também comentou os haters nas redes sociais e as diversas opiniões. "A nova série de 'O Senhor dos Anéis' ainda nem saiu, mas se você navega por aí, a controvérsia em torno dela se parece com a II Guerra Mundial. Eles [referindo-se aos espectadores] estão jogando bombas atômicas uns nos outros", afirmou.

George ainda explicou o motivo de estar sempre mudando o enredo das obras. "Como escritor, você enlouquece se não mudar um pouco as coisas. Você quer contar novas histórias, não as mesmas histórias o tempo todo", relatou.

O aguardado final da série, que foi ao ar em maio de 2019,, estava fadado a dividir opiniões, dada a magnitude da saga da HBO, indiscutivelmente o maior fenômeno que a TV já produziu nos últimos anos. O roteiro dos showrunners David Benioff e D.B. Weiss, porém, pouco contribuiu para amenizar a controvérsia.

A conclusão de "Game of Thrones", ainda que tenha trazido desfechos satisfatórios para parte de seus personagens, sofreu dos mesmos males que afligiram a série durante toda sua oitava temporada: o desenvolvimento apressado e as soluções rasas que, no fim das contas, não fizeram justiça à história e aos personagens que foram tão cuidadosamente elaborados pela maior parte dos últimos oito anos.

Mesmo com o final considerado "ruim", a produção permanece como um fenômeno cultural imbatível.

Em março deste ano, George contou que está envolvido em todos os projetos e que está desenvolvendo outras produções para o HBO Max.