PUBLICIDADE
Topo

Cenipa realiza perícia no local do acidente de Marília Mendonça

De Splash, em São Paulo

06/11/2021 09h07

Técnicos da Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos), órgão ligado ao Comando da Aeronáutica, e integrantes da Polícia Civil estão realizando perícias no local do acidente de avião que provocou a morte da cantora Marília Mendonça.

A informação foi divulgada pela Polícia Civil na manhã de hoje. Os trabalhos são acompanhados pelos advogados de Marília Mendonça, que estão no local.

"Não imaginava que ia sair de casa para vir reconhecer o corpo [da Marília], pegar pertences dela. É um dia horrível, péssimo, estamos aqui fazendo nosso trabalho, mas a gente não consegue dividir, não se emocionar. É um luto, uma dor que vai continuar por dias", declarou Maurício Carvalho, que complementou.

"Nenhum artista nosso conseguiu fazer show, cancelamos todos, é algo muito difícil."

Segundo relatado pelo Cenipa na noite de ontem, a primeira providência dos investigadores será identificar indícios, fotografar cenas e ouvir relatos de testemunhas. Os técnicos também irão retirar partes da aeronave para análises e reunirão documentos do voo.

Ainda de acordo com o órgão, o objetivo da investigação é evitar que outros acidentes com características semelhantes ocorram.

"A conclusão das investigações terá o menor prazo possível, dependendo sempre da complexidade de cada ocorrência e, ainda, da necessidade de descobrir os fatores contribuintes", afirmou a FAB.

Recentemente, pilotos denunciaram torres ilegais na região do acidente. A Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais) confirmou que o avião atingiu um cabo de distribuição de energia da empresa.

O velório de Marília Mendonça terá início às 11h (de Brasília) e apenas parentes terão acesso ao ginásio Goiânia Arena. Após as 13h (de Brasília), o local será liberado até as 16h para que fãs possam se despedir da cantora. Desde cedo, a movimentação no local já era intensa, com fãs acampados no local.