PUBLICIDADE
Topo

HBO pagou R$ 15 milhões a James Gandolfini para recusar papel em The Office

James Gandolfini recebeu da HBO para não atuar em "The Office" - Reprodução: HBO
James Gandolfini recebeu da HBO para não atuar em "The Office" Imagem: Reprodução: HBO

Colaboração para o UOL

15/07/2021 13h02Atualizada em 15/07/2021 14h50

O ator James Gandolfini (1961-2013), intérprete do personagem Tony Soprano, da aclamada série "Os Sopranos", da HBO, recebeu uma fortuna da rede de TV norte-americana para que ele recusasse convite de entrar para o elenco da sitcom "The Office", da NBC.

Esse detalhe de bastidores, mantido até então em segredo, foi revelado pelos amigos e ex-colegas de "Os Sopranos" de Gandolfini, Michael Imperioli (o Chris Moltisanti) e Steve Schirripa (o Bobby Baccala), no podcast "Talking Sopranos".

Segundo os atores, os executivos da HBO pagaram US$ 3 milhões a Gandolfini, cerca de R$ 15 milhões na atual cotação do dólar. O motivo: ele não aceitar atuar na versão americana da sitcom criada por Ricky Gervais e Stephen Merchant, com o intuito de "preservar o legado" da trama sobre a máfia.

Eles [os produtores de 'The Office'] conversaram sobre ter o Gandolfini para substituir [o ator Steve Carrel], você sabia disso?

Gervais, que participava do podcast, demonstrou surpresa com a revelação.

Schirripa contou ainda que antes "da chegada do James Spader e depois da saída de Carrel, eles ofereceram ao Jim US$ 4 milhões por uma temporada, aí a HBO pagou US$ 3 milhões para ele não fazer. Isso é um fato", afirmou.

James Gandolfini morreu aos 51 anos, em junho de 2013, de causas naturais na Itália.

A série "Os Sopranos" teve seis temporadas lançadas e se tornou um dos maiores sucessos da HBO nos anos 2000. "The Office", da NBC, também foi um grande sucesso da TV norte-americana, com um total de nove temporadas.