PUBLICIDADE
Topo

Filho de Tom Hanks é acusado de violência doméstica; ex pede indenização

Chet Hanks, filho de Tom Hanks, no Globo de Ouro; ex-companheira narra agressões - Reprodução/Twitter
Chet Hanks, filho de Tom Hanks, no Globo de Ouro; ex-companheira narra agressões Imagem: Reprodução/Twitter

De Splash, em São Paulo

14/04/2021 09h07Atualizada em 14/04/2021 11h27

Quase duas semanas depois de gravar um vídeo com o rosto sangrando e acusar sua ex de agressão, Chet Hanks virou alvo de um processo por violência doméstica movido por Kiana Parker.

A ex-companheira do rapper, que é filho de Tom Hanks, acusa-o de ser o verdadeiro agressor no caso. Ela já conseguiu uma ordem de restrição contra ele em janeiro, segundo o site norte-americano TMZ.

Além disso, uma indenização a ela no valor de US$ 1 milhão - cerca de R$ 5,72 milhões - é cobrada de Chet pela justiça do estado do Texas.

Chet disse para a ex que ninguém acreditaria nela porque ele era "Chet Hanks" e que Kiana era "apenas uma vad*a negra do gueto", segundo o depoimento dela.

Kiana também o acusa de ataques racistas e episódios de violência na frente dos dois filhos, que teriam acontecido entre outubro de 2020 e janeiro de 2021.

Em um dos episódios narrados pela defesa de Kiana, o casal estava em Nova Orleans para a gravação de um trabalho de Hanks quando ele a segurou e empurrou, impedindo sua saída no hotel.

Ela ainda narra uma tentativa de homicídio um mês depois. Em 8 de janeiro teria acontecido a altercação que garantiu à Kiana a ordem de restrição e da qual Chet saiu sangrando. O rapper a acusa, no entanto, de tê-lo agredido com uma faca na ocasião.

O advogado de Kiana, D'Angelo Lowe, afirmou que ela está sob cuidados médicos no momento e que tentou entrar em contato com os pais dele, Tom Hanks e Rita Wilson, sobre a ordem de restrição.

A defesa de Chet Hanks nega as acusações. O rapper processa a ex por violência e alega que ela teria pego dinheiro dele.

"No dia seguinte que Chet confrontou Kiana Parker sobre roubar dinheiro de seu cartão de crédito, enquanto ela estava acompanhada por um homem carregando uma arma, a Sra. Parker atacou violentamente Chet com uma faca, o que o fez sangrar", disse o advogado do rapper, Marty Singer, que acredita em "retaliação".