PUBLICIDADE
Topo

'É pouco': medidas do Globo de Ouro por mais diversidade são criticadas

Globo de Ouro: organização está "em apuros" por falta de diversidade - Frazer Harrison/Getty Images
Globo de Ouro: organização está 'em apuros' por falta de diversidade Imagem: Frazer Harrison/Getty Images

De Splash, em São Paulo

08/03/2021 09h28

A HFPA (Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood, na sigla em inglês), responsável todos os anos por entregar as estatuetas do Globo de Ouro, anunciou durante o fim de semana quais medidas tomará para tornar o seu corpo de votantes mais diverso e assegurar que a votação ocorra de maneira ética — mas parece que o plano não agradou aos ativistas do Time's Up, que exigiram mais especificidade da Associação.

No sábado, a HFPA liberou uma declaração oficial onde prometia contratar um "expert independente em diversidade organizacional, equidade e inclusão" para fazer uma revisão das regras e exigências que impõe aos seus membros, "garantindo que não existam práticas de exclusão" na Associação.

Já os jornalistas que já fazem parte da HFPA terão que passar por treinamentos anuais antirracismo e anti assédio sexual. Enquanto isso, uma firma de advocacia será contratada pela Associação para fiscalizar a implementação dessas e outras regras, e construir um sistema através do qual os membros poderão reportar casos de discriminação com segurança.

As medidas são uma resposta à matéria do Los Angeles Times, publicada antes da realização do Globo de Ouro 2021, que revelou que nenhum dos 87 jornalistas atualmente afiliados à HFPA é negro, e que muitos votantes recebem "mimos" de estúdios (estadias em hotéis luxuosos e outros presentes) que podem influenciar na votação.

A organização Times's Up, no entanto, que trabalha por maior inclusão e proteção contra assédio no mercado de trabalho, considerou as medidas anunciadas pela HFPA decepcionantes.

Em comunicado liberado pouco depois, também no sábado, eles exigiram "detalhes mais específicos, linhas do tempo para a implementação de mudanças e comprometimentos mais firmes" da Associação.

A HFPA acabou de dizer que tem um plano para consertar os problemas que eles têm ignorado por décadas. Não temos tanta certeza disso. [...] As palavras certas não são o bastante. O tempo está se esgotando."
Time's Up responde à organização do Globo de Ouro