PUBLICIDADE
Topo

Michel Teló diz que não é hora para voltar aos palcos: 'Precisa segurança'

Em EP, Michel Teló troca balada pela simplicidade do interior
Em EP, Michel Teló troca balada pela simplicidade do interior
Foto: Divulgação

Guilherme Lucio da Rocha

De Splash, em São Paulo

09/12/2020 04h00

O setor do entretenimento foi o primeiro a ser afetado pela pandemia do novo coronavírus. Assim que os primeiros casos surgiram, casas de show fecharam e músicos ficaram sem seu principal ganha pão.

Continua depois da publicidade

As agendas de fim de ano, em geral, são lotadas. Mas, em 2020, com os números da covid-19 aumentando e o país registrando quase 180 mil mortes, o cenário é outro.

Enquanto alguns artistas fazem lobby para voltar aos palcos, outros pregam calma. O cantor sertanejo Michel Teló está no time da cautela.

Tudo tem de ser no tempo certo. Acho que a volta aos palcos tem que ser num momento seguro, isso é muito importante. Que as pessoas estejam seguras.

Em casa desde janeiro, quando passou um período de férias, Teló diz que trabalho não está faltando. Ele tem marcado presença em lives, comerciais e no "The Voice", programa em que atua como um dos jurados.

Recentemente, ele lançou seu mais novo EP, "Para Ouvir no Fone", com músicas inéditas.

Continua depois da publicidade

O cantor reforça que o setor cultural foi bastante castigado por causa da quarentena, mas critica o que chama de irresponsabilidade.

Infelizmente, tem um desrespeito geral muito grande, um descaso com a pandemia, que é muito séria. Tem muita gente pagando a conta por conta desse descaso. O nosso meio está sofrendo muito com isso e ficamos torcendo para que [a pandemia] passe logo.