PUBLICIDADE
Topo

Por Onde Anda

Contamos a história de artistas que foram famosos e estão afastados do mundo do entretenimento, investindo em uma outra carreira, ou vivendo em outro país.


Davi Paz cresceu na Globo e lembra sofrimento: 'Hoje posso ser eu'

Reprodução/Instagram

Felipe Pinheiro

De Splash, em São Paulo

24/11/2020 04h00

Davi Paz, antes conhecido como David Lucas, começou novinho na carreira artística, sendo que a estreia na TV foi aos 8 anos em "O Pequeno Alquimista" (série da Globo, exibida em 2004).

Depois, atuou em várias novelas na Globo, mas decidiu partir em busca de novos sonhos.

Aos 25 anos, ele diz que não foi simples dar essa reviravolta em sua vida.

Continua depois da publicidade

Com certeza você já o viu na tela da Globo

Davi Paz - Reprodução/TV Globo - Reprodução/TV Globo
Imagem: Reprodução/TV Globo

Não sei afirmar se era o que eu queria de maneira convicta. Eu gostava [de fazer TV] e estava seguindo. Acho cruel a perspectiva de cobrar de uma criança respostas maduras quando, por vezes, nem os ditos adultos as tem, saca?

Brincadeira de criança?

Davi começou como ator ainda criança e se manteve diante das câmeras até a fase adulta. Ele, que vem de uma família humilde, nunca enxergou o trabalho quando criança como uma brincadeira. Davi era só um menino, mas as obrigações eram de gente grande.

O excesso de trabalho e as responsabilidades oriundas de todo esse processo me trouxeram um fardo, por vezes, demasiado pesado, que me levaram a experimentar sabores amargos. Mas o processo também me fez amadurecer em pontos que, hoje, são fundamentais para mim.

Continua depois da publicidade

Os sabores amargos aos quais Davi se refere têm a ver com a falta de maturidade emocional e psicológica para lidar com demandas exaustivas, que fazem parte do dia a dia de um adulto. Afinal, ele era só uma criança.

Túnel do tempo: Davi Paz como ator mirim em entrevista ao "Vídeo Show"

É de se esperar que o Nemo fique perdido ao se lançar em um oceano de possibilidades, quando o mesmo é apenas um filhotinho de peixe, e não um peixe maduro que já atravessou diveeeersas correntezas.

O último papel como ator

Davi encerrou a carreira como ator aos 21 anos na novela "Êta Mundo Bom" (Globo, 2016). Embora planejada, a decisão de largar uma carreira aparentemente consolidada não foi simples de ser tomada. Ele teve o apoio de somente três pessoas nessa transição.

Continua depois da publicidade

Hoje falo sobre transição de carreira exatamente por enxergar que existem outras diversas maneiras de fazer essa caminhada sem sofrer tanto quanto eu sofri.

Como é se rever em reprises de novelas, Davi?

Médio. Gosto muito das pessoas que chegam para falar de maneira carinhosa do meu trabalho. Mas há outras que engessaram, em suas mentes, a minha imagem e têm um pouco de dificuldade de aceitar meus novos passos. É chato pelo fato de eu querer falar sobre outras coisas, outros projetos.

É hora de superar que ele não é mais ator, tá bom, pessoal?

Não há nada de errado com os trabalhos passados, mas eles não contemplam o Davi atual. Tomei as rédeas da minha vida, resgatei valores pétreos e hoje posso ser eu.

Continua depois da publicidade

Davi correu atrás de seus sonhos após sair da TV. Ele se formou em psicologia e criou uma comunidade virtual chamada Prumo Desenvolvimento, voltada à troca de experiências entre jovens adultos.

Ele conta também por que decidiu abandonar o "nome artístico".

Para resgatar o sentido verdadeiro que sempre existiu, mas que estava adormecido. Não me tornei uma nova pessoa, sempre fui esta pessoa, só estava, por conta das circunstâncias, imerso em contextos que abafavam muito das minhas potências!

Uma questão "de vida ou morte"

"Perpetuar o que estava estabelecido era decretar a minha inexistência. Com relação a 'sentir o sofrimento': não existem palavras que possam descrever nem 1% do que eu passei e do que eu senti nesse processo."

Além de ajudar jovens adultos como ele a tomarem o controle de suas vidas, Davi tem vários outros temas de seu interesse, como educação financeira e fisiculturismo.

Continua depois da publicidade
Davi Paz - Divulgação/Reprodução/Instagram - Divulgação/Reprodução/Instagram
Imagem: Divulgação/Reprodução/Instagram

Musculação é um dos pilares da minha saúde no geral. Sem hipocrisia, a questão estética, ver a resposta do seu corpo, é algo que motiva, mas compõe apenas uma parte do que a musculação representa para mim. Sentir o corpo funcionando bem, produtivo, um corpo disposto... Nossa! São muitos benefícios.

Davi possui várias inspirações no bodybuilding, como ele mesmo conta:

Paulo Muzy, Fábio Giga e Matheus Donaire. São três personalidades do esporte que eu admiro muito. Não só pelas questões desportivas, mas pelo quesito 'ser humano'. São pessoas com valores muito semelhantes aos meus.