PUBLICIDADE
Topo

Porta dos Fundos

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Cinco novas sugestões de pecados capitais pra Igreja atualizar sua lista

Convenhamos, ninguém leva "luxúria" a sério - Reprodução
Convenhamos, ninguém leva "luxúria" a sério Imagem: Reprodução
Porta dos Fundos

Textos semanais escritos pelos roteiristas do canal de humor Porta dos Fundos, responsáveis por mais palavrões ditos por famosos que a coluna do Léo Dias. "Roteiristas são como duendes: ninguém nunca os vê, mas fazem coisas mágicas por um prato de comida" (antigo provérbio chinês)

Colunista do UOL*

31/03/2022 11h00

Ninguém nasce querendo pecar. A gente peca assim mesmo, mas convenhamos que a culpa é em parte dos próprios pecados. Ninguém está preparado para abrir mão da carne de porco em nome de Deus, nem Deus deveria! Talvez o Deus do Velho Testamento não seria tão mal humorado se ele pudesse relaxar comendo linguiça no churrascão de domingo. Ou talvez foi a falta de masturbação. Talvez as duas coisas, nunca saberemos.

O que quero dizer é que os pecados estão desatualizados, afinal onde já se viu gula ser pecaminosa? O pecado deveria ser querer ter uma barriga negativa. Se Deus quisesse que nós tivéssemos barrigas negativas, ele teria pulado do pescoço direto pra virilha.

Então pensando nisso, reuni aqui uma lista com cinco sugestões de pecados bem mais presentes e recorrentes na nossa vida moderna. O objetivo é melhorar o nosso convívio aqui na terra. O pós vida eu não prometo pra ninguém:

PRIMEIRO PECADO: Mandar "oi, tudo bem?" no Whatsapp e parar por aí, sem explicar o motivo do contato
Essa pessoa quer sequestrar a tua atenção completa, brincando com uma das maiores fragilidades humanas: a curiosidade. É pecado incitar o outro a te responder de imediato, sem dar a ele o direito de desaparecer por 36h antes de uma resposta. Quem fizer isso não vai aos céus, e vai ter sido merecido.

SEGUNDO PECADO: Atrapalhar o fluxo da escada rolante
Se você faz questão de ocupar o mesmo degrau que terceiros, bloqueando todo o fluxo de uma escada rolante, então você só é tinhoso mesmo e merece uma vaga cativa no inferno.

TERCEIRO PECADO: Desconectar alguém do seu Netflix
Como todos sabem, senha do Netflix não se pede, se conquista. Se um dia o seu amigo, namorado, ficante quis assistir Netflix na sua casa, e colocou a senha lá para uso "somente naquele dia", então essa senha agora é tua também. A pessoa que se utilizar da opção "desconectar-se de todos os dispositivos", ganha um atestado de mau-caratismo, e não é esse tipo de atitude que a gente presa em um Céu honesto. Foi Deus mesmo quem disse, "quem divide multiplica" (errata: Não foi Deus, foi alguém no Twitter)

QUARTO PECADO: Telefonar pra alguém no dia do aniversário
Deus inventou o áudio, mas o Demônio espalhou que no dia do aniversário só conta se for ligação. Essa artimanha demoníaca faz com que todo amigo ou ente querida se sinta culpado a te ligar no único dia do ano que você deveria gastar fazendo o que bem entendesse - porém agora você precisa gastar 25% do seu dia atendendo ligações e respondendo "obrigado(a).... obrigado(a)... obrigado(a)..." repetidas vezes em uma mesma chamada, até a hora de desligar. Quem ama, manda áudio. Quem liga é sádico, e quer fazer o teu aniversário ser sobre ele próprio.

QUINTO PECADO: Postar um story no Instagram, e marcar todos os @ no extremo canto da tela
É impossível de clicar no nome de alguém sem mudar para o story seguinte ou anterior. E se não fosse pra gente fuxicar essas pessoas que você marcou, então para que incitar a nossa curiosidade? É tudo uma maneira de instigar frustração nos nossos corações, e esse tipo de atitude tem que ser repreendida sim.

E esses são apenas cinco dos principais pecados judaico-cristãos revisitados. Gostaria de ter trabalhado com o número cabalístico de sete, porém o foco de atenção do homem moderno não computa muita coisa de uma vez, é melhor não sobrecarrega-lo. E se você quiser entender melhor a dinâmica do Julgamento Final, para chegar lá o mais preparado possível, fique com a esquete de hoje do Porta dos Fundos:

*Gabriela Niskier é roteirista do Porta dos Fundos. No Instagram: @gabrielaniskier