Página Cinco

Página Cinco

Siga nas redes
Só para assinantesAssine UOL
Reportagem

'Mais dúvidas do que certezas': um papo com Milton Hatoum

Ao longo da minha caminhada, Milton Hatoum certamente foi uma das pessoas que mais entrevistei. Ele é autor de obras centrais de nossa literatura recente, como "Dois Irmãos" e "Relato de um Certo Oriente" (Companhia das Letras).

Fazia tempo que não batia um papo com o Milton, por isso que o convidei para a última edição deste ano do podcast - aqui o caminho para o Spotify. Sim, farei a habitual pausa de final e começo de ano. Devo voltar lá por fevereiro.

Alguns livros de Milton estão ganhando uma nova roupagem. É o caso de "Cinzas do Norte", ponto de partida do papo. Mas depois a conversa tomou outros caminhos.

Falamo muito sobre as leituras de Milton. A respeito de clássicos como Flaubert, Balzac, Virginia Woolf e Graciliano. E também de contemporâneos como José Falero e Adania Shibli. Livros não lidos e a alegria de poder ser leitor de certos monumentos.

O Nobel e a forma como muitas vezes ignoramos grandes autores da África e da Ásia. A minúcia na hora da escrita. As razões para escrever e o ceticismo com a própria obra. E, sim, a previsão para o terceiro volume da trilogia autobiográfica "O Lugar Mais Sombrio".

Tudo isso fez parte da entrevista, que contou com grande colaboração dos ouvintes da Página Cinco.

A foto de Milton usada na arte do podcast foi feita por Wanezza Soares.

Assine a Newsletter da Página Cinco no Substack.

Continua após a publicidade

Reportagem

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes