PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Fefito

'A Fazenda': Luiza jogou fora a simpatia do público por defesa cega de Biel

Siga o UOL no
Fefito

Fernando Oliveira, conhecido como Fefito, é formado em jornalismo e pós-graduado em direção editorial. Teve passagens pela IstoÉ Gente, Diário de S. Paulo, iG, R7. Atuou como apresentador do Estação Plural, da TV Brasil, Mulheres, da TV Gazeta, e Morning Show, da Jovem Pan.

Colunista do UOL

23/10/2020 00h28

Resumo da notícia

  • Uma das participantes mais emblemáticas da temporada, atriz obteve apenas 11,01% dos votos
  • Programa obteve recorde de votos e de audiência: 799 milhões e 16,4 pontos de média
  • Antes uma das favoritas, Luiza mudou de lado no jogo e viu simpatia do público ir embora ao defender Biel

Quando temporadas de reality show ganham personagens tão multifacetados quanto Luiza Ambiel, a direção sabe: metade do caminho para o sucesso está garantida. Desde que entrou em "A Fazenda 12", a eterna musa da "Banheira do Gugu" cumpriu exatamente o caminho que garante a figuras que se destacam no gênero do programa. Não aceitou desaforos calada, comprou briga e aproveitou cada transmissão ao vivo para mostrar que estava cheia de sangue nos olhos.

Cumprindo a cartilha de figuras como Nadja Pessoa e Nicole Bahls, Luiza bateu de frente com Biel já na primeira semana. Partiu para cima de Carol Narizinho quando ouviu piada sobre sua filha. Chamou tanto a atenção de seus colegas de confinamento que virou alvo fácil. Na segunda roça da temporada, não escondeu de ninguém a surpresa: ela achava que não seguiria no jogo. O público, no entanto, a acolheu de braços abertos.

Tamanha pressão e julgamento dos colegas de confinamento, no entanto, não fizeram bem à atriz. Luiza decidiu que desagradar aos seus companheiros significaria garantir nova vaga nas berlindas futuras e decidiu apagar seus conflitos. Não conseguiu, obviamente, mas remendou a relação justamente com seu primeiro inimigo, Biel, ao perceber que ele voltou de três roças seguidas. Com unhas e dentes, Luiza fez fofoca e comprou brigas do funkeiro. Não teve quem lhe dissesse, no entanto, o óbvio: em todas as vezes que ela o defendeu, o cantor seguiu calado, para não dizer indiferente. A relação parecia de mão única.

Ao se aliar a Biel e Juliano e ir contra as amigas, mantendo apenas Victoria como sua sombra, Luiza jogou fora um grande favoritismo. Ganhou ainda inimigos como Mariano e Jakelyne ao acusar o sertanejo de ter alguém aqui fora e a Miss Brasil de ter beijado Lipe Ribeiro, fatos negados por todos.

Uma das três participantes mais populares do programa - junto com Raíssa Barbosa e Jojo Todynho -, a musa de Gugu Liberato (1959-2019) colocou todo a sua estratégia a perder em uma única semana. Suas brigas - e fofocas - farão falta para o programa. Tanto que o episódio de sua eliminação renderam o recorde de votos e também de audiência: 16,4 pontos de média, com pico de 18,2, contra 15,5 da Globo e 5,9 do SBT.

Com a eliminação de Luiza, uma mudança no modo de pensar do público começa a surgir. Antes preservando os "barraqueiros", os espectadores abriram mão de alguém com claros conflitos dentro da casa para preservar um famoso de comportamento equilibrado. Ser bom moço em "A Fazenda" pode compensar. Com mais 70% de quase 800 milhões de votos, surge um novo favorito ao prêmio.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL