PUBLICIDADE
Topo

Chico Barney

Boninho é o melhor nome para substituir Tiago Leifert no BBB

Boninho (Foto: Reprodução / Instagram) - Reprodução / Internet
Boninho (Foto: Reprodução / Instagram) Imagem: Reprodução / Internet
Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002

Colunista do UOL

13/09/2021 16h10

No cinema, grandes diretores são também protagonistas de seus próprios filmes, conduzindo com firmeza a transposição das ideias para a tela grande. Clint Eastwood, Woody Allen e Selton Mello, para ficar apenas em alguns exemplos.

No entretenimento, é razoavelmente comum que, com o sucesso, os apresentadores acabem ganhando poder de influência. Com isso, passam a impor de maneira mais contundente suas concepções artísticas nos projetos em que estão envolvidos.

É mais raro o caminho inverso, um diretor que sai dos bastidores para agir como crooner das próprias emoções, em vez de contar com o auxílio de intermediários. Mas a saída de Tiago Leifert da Globo abre caminho para que isso aconteça: e se o Boninho fosse seu substituto a partir de 2022?

Desde os primórdios do programa, J.B. Oliveira é um nome fundamental para o universo narrativo do formato no Brasil. O "Big Boss", como dizia Pedro Bial, se tornou um personagem atuante, cuja presença no imaginário popular só cresceu ao longo do tempo.

Antes por meio de entrevistas, e já alguns anos graças às redes sociais, Boninho é uma celebridade do primeiro time. Os fãs acompanham sua rotina de treinos com Ana Furtado em casa, as receitas e vinhos sofisticados e, claro, suas observações a respeito dos programas que estão sob sua tutela.

A Globo passou a usá-lo também como um artista. Assumiu a personalidade de jurado turrão do Show dos Famosos e foi o único remanescente do elenco da época em que o Domingão era do Faustão. As referências a Aracy de Almeida e Pedro de Lara ajudam a colocá-lo como uma das garantias de entretenimento descompromissado na nova gestão de Luciano Huck.

Desta feita, talvez esteja na hora de assumir as rédeas de seu projeto mais fascinante, o glorioso Big Brother Brasil. É uma oportunidade para equilibrar sua versão mais amistosa de hoje em dia com as broncas históricas, como no clássico episódio envolvendo Ana Carolina e Naná.

Boninho é famoso, tem um ponto de vista muito bem definido a respeito do BBB e pode contribuir para que o bom trabalho realizado em parceria com Tiago Leifert tenha uma evolução segura e tranquila. Fica aí a sugestão.

Voltamos a qualquer momento com novas informações.